Ciência

Pesquisadores descobrem novo efeito do cacau para a saúde

Estudo publicado recentemente por pesquisadoras na Espanha aponta que cacau pode melhorar a visão diurna

O cacau apresentou resultados positivos em testes, segundo as pesquisadoras (Anna Quaglia / EyeEm/Getty Images)

O cacau apresentou resultados positivos em testes, segundo as pesquisadoras (Anna Quaglia / EyeEm/Getty Images)

KS

Karina Souza

Publicado em 29 de junho de 2021 às 20h26.

Última atualização em 29 de junho de 2021 às 21h51.

Já pensou em como os alimentos podem afetar a sua visão? Pesquisadores espanhóis trouxeram esse questionamento para um estudo e sugerem que o cacau pode melhorar a visão diurna.

"A visão e a saúde dos olhos são influenciadas por fatores relacionados à dieta em vários níveis. Parte deles inclui fluxo sanguíneo e pressão ocular, o que pode alterar a visão. Mais do que isso, a dieta também pode interferir na retina e na forma como a luz é convertida em imagens pelo cérebro", diz Sonia de Pascual Teresa, pesquisadora do Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos e Nutrição (ICTAN).

A pesquisa desses dois alimentos relacionados à visão partiu do pressuposto de que ambos já são considerados benéficos para a proteção cardiovascular e neurológica em estudos recentes -- e a retina é uma região bastante vascularizada.

Os resultados foram publicados no Journal of Functional Foods este mês e trazem as conclusões dos testes realizados com voluntários a respeito do consumo desses alimentos e testes de visão com alta e baixa iluminação.

A dinâmica envolveu, ao todo, 37 pessoas saudáveis, com 18 a 27 anos. Elas foram submetidas a três testes -- em que receberam respectivamente frutas vermelhas, cacau e um placebo -- com duas semanas de intervalo para cada etapa. Os participantes receberam uma mistura com 2,5 g de cacau, de 10g de uma mistura com frutas vermelhas, que tinha 33,3% de framboesas, 33,3% de groselha preta, 16,7% groselha e 16,7% pó de mirtilo, e de zero de ambos os componentes no placebo.

Antes de cada visita, os participantes foram convidados a se abster de comer ou beber qualquer alimento ou bebida rica em polifenol ou cafeína nas 24 horas anteriores. E, durante cada visita, eles tinham que ler diferentes combinações de letras a quatro metros de distância, duas horas após ingerirem cada mistura.

Com isso, a principal conclusão foi a de que a visão diurna foi significativamente melhorada depois da ingestão de cacau, mas mostrou somente uma tendência de melhora com frutas vermelhas, segundo os pesquisadores.

Mesmo com o resultado, as pesqusiadoras alertam para o fato de que é necessário conduzir mais estudos para confirmar se a relação de causa e efeito se mantém, a fim de que "produtos possam ser desenvolvidos para melhorar a visão e direcionar a atenção a grupos bem definidos", afirma a doutora Pascual-Teresa.

 

Acompanhe tudo sobre:Alimentos funcionaisFrutas

Mais de Ciência

Ozempic pode desenvolver rara forma de cegueira, apontam médicos dos EUA

FDA aprova novo medicamento para tratar Alzheimer

Ozempic facilita a gravidez? Mulheres relatam aumento de fertilidade

Uso de garrafa plástica pode aumentar risco de diabetes tipo 2, diz estudo

Mais na Exame