• AALR3 R$ 20,06 -0.05
  • AAPL34 R$ 70,05 2.38
  • ABCB4 R$ 16,75 0.54
  • ABEV3 R$ 14,22 0.07
  • AERI3 R$ 3,78 0.00
  • AESB3 R$ 10,87 -0.46
  • AGRO3 R$ 31,63 0.60
  • ALPA4 R$ 22,19 0.09
  • ALSO3 R$ 19,56 3.77
  • ALUP11 R$ 26,23 -1.02
  • AMAR3 R$ 2,57 -0.77
  • AMBP3 R$ 32,31 -0.12
  • AMER3 R$ 21,45 -0.23
  • AMZO34 R$ 3,48 2.96
  • ANIM3 R$ 5,60 0.90
  • ARZZ3 R$ 82,32 1.29
  • ASAI3 R$ 15,97 -0.75
  • AZUL4 R$ 21,06 0.53
  • B3SA3 R$ 12,70 2.34
  • BBAS3 R$ 37,09 -0.99
  • AALR3 R$ 20,06 -0.05
  • AAPL34 R$ 70,05 2.38
  • ABCB4 R$ 16,75 0.54
  • ABEV3 R$ 14,22 0.07
  • AERI3 R$ 3,78 0.00
  • AESB3 R$ 10,87 -0.46
  • AGRO3 R$ 31,63 0.60
  • ALPA4 R$ 22,19 0.09
  • ALSO3 R$ 19,56 3.77
  • ALUP11 R$ 26,23 -1.02
  • AMAR3 R$ 2,57 -0.77
  • AMBP3 R$ 32,31 -0.12
  • AMER3 R$ 21,45 -0.23
  • AMZO34 R$ 3,48 2.96
  • ANIM3 R$ 5,60 0.90
  • ARZZ3 R$ 82,32 1.29
  • ASAI3 R$ 15,97 -0.75
  • AZUL4 R$ 21,06 0.53
  • B3SA3 R$ 12,70 2.34
  • BBAS3 R$ 37,09 -0.99
Abra sua conta no BTG

Pesquisadores descobrem novo efeito do cacau para a saúde

Estudo publicado recentemente por pesquisadoras na Espanha aponta que cacau pode melhorar a visão diurna
O cacau apresentou resultados positivos em testes, segundo as pesquisadoras (Getty Images/Anna Quaglia / EyeEm)
O cacau apresentou resultados positivos em testes, segundo as pesquisadoras (Getty Images/Anna Quaglia / EyeEm)
Por Karina SouzaPublicado em 29/06/2021 20:26 | Última atualização em 29/06/2021 21:51Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Já pensou em como os alimentos podem afetar a sua visão? Pesquisadores espanhóis trouxeram esse questionamento para um estudo e sugerem que o cacau pode melhorar a visão diurna.

"A visão e a saúde dos olhos são influenciadas por fatores relacionados à dieta em vários níveis. Parte deles inclui fluxo sanguíneo e pressão ocular, o que pode alterar a visão. Mais do que isso, a dieta também pode interferir na retina e na forma como a luz é convertida em imagens pelo cérebro", diz Sonia de Pascual Teresa, pesquisadora do Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos e Nutrição (ICTAN).

A pesquisa desses dois alimentos relacionados à visão partiu do pressuposto de que ambos já são considerados benéficos para a proteção cardiovascular e neurológica em estudos recentes -- e a retina é uma região bastante vascularizada.

Os resultados foram publicados no Journal of Functional Foods este mês e trazem as conclusões dos testes realizados com voluntários a respeito do consumo desses alimentos e testes de visão com alta e baixa iluminação.

A dinâmica envolveu, ao todo, 37 pessoas saudáveis, com 18 a 27 anos. Elas foram submetidas a três testes -- em que receberam respectivamente frutas vermelhas, cacau e um placebo -- com duas semanas de intervalo para cada etapa. Os participantes receberam uma mistura com 2,5 g de cacau, de 10g de uma mistura com frutas vermelhas, que tinha 33,3% de framboesas, 33,3% de groselha preta, 16,7% groselha e 16,7% pó de mirtilo, e de zero de ambos os componentes no placebo.

Antes de cada visita, os participantes foram convidados a se abster de comer ou beber qualquer alimento ou bebida rica em polifenol ou cafeína nas 24 horas anteriores. E, durante cada visita, eles tinham que ler diferentes combinações de letras a quatro metros de distância, duas horas após ingerirem cada mistura.

Com isso, a principal conclusão foi a de que a visão diurna foi significativamente melhorada depois da ingestão de cacau, mas mostrou somente uma tendência de melhora com frutas vermelhas, segundo os pesquisadores.

Mesmo com o resultado, as pesqusiadoras alertam para o fato de que é necessário conduzir mais estudos para confirmar se a relação de causa e efeito se mantém, a fim de que "produtos possam ser desenvolvidos para melhorar a visão e direcionar a atenção a grupos bem definidos", afirma a doutora Pascual-Teresa.