Volvo anuncia maior projeto de eletrificação de carros do Brasil

13 corredores elétricos saindo de São Paulo ligarão cidades como Belo Horizonte, Curitiba e Rio de Janeiro já no ano que vem. A linha XC40 passa a ser 100% elétrica
 (Volvo/Reprodução)
(Volvo/Reprodução)
M
Matheus Doliveira

Publicado em 15/12/2021 às 15:17.

Última atualização em 16/12/2021 às 10:26.

A Volvo Brasil anunciou nesta quarta-feira, 15, que fará o maior investimento em infraestrutura de carga rápida do Brasil. Dando mais um passo rumo à eletrificação de seus automóveis, a divisão brasileira da marca sueca criará rotas com carregadores rápidos em rodovias, possibilitando viagens mais longas com os carros elétricos. Além disso, a Volvo também anunciou hoje que tornará toda a linha XC40 em 100% elétrica.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor 

O plano ambicioso da marca é dividido em 5 etapas, sendo que a primeira delas já estará funcionando no início de 2022. Nesse primeiro momento, serão criados 13 corredores elétricos que abrangem 3.250 quilômetros saindo de São Paulo e ligando a cidades como Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Uberlândia (MG), Baixada Santista e litoral norte.

Cada um dos pontos de parada terá capacidade para carregar dois veículos simultaneamente. Os carregadores rápidos de 150 kWh são capazes de carregar um veículo como o modelo XC40 Recharge Pure Electric em menos de 40 minutos. “Temos a ambição de conectar todo o Brasil através de corredores elétricos”, diz Rafael Ugo, diretor de marketing da Volvo Car Brasil.

De acordo com Ugo, a ideia da Volvo é proporcionar aos proprietários de veículos elétricos a possibilidade de realizar viagens intermunicipais e até mesmo interestaduais, algo que é muito complicado hoje em dia dado a escassez de carregadores na malha brasileira. A Volvo diz que todos os carregadores serão instalados em locais de parada e conveniência, comodidade para que os usuários possam deixar seus carros carregando enquanto almoçam, por exemplo. 

A iniciativa da Volvo para criar uma malha de estradas eletrificadas no Brasil vem acompanhada de uma parceria com a EcoRodovias. Junto de uma das maiores empresas de infraestrutura rodoviária do país, responsável por nove concessionárias em todo o Brasil, a Volvo irá instalar os carregadores Wallbox em 52 bases operacionais ou de atendimento dos usuários EcoRodovias. “Nossa intenção é termos mais pontos para uma carga de emergência, facilitando a viagem das pessoas e tranquilizando caso tenham algum imprevisto”, afirma Ugo. A instalação dos pontos nas rodovias administradas pela EcoRodovias será realizada até fevereiro de 2022.

Segundo João Oliveira, diretor geral de operações e inovação da Volvo Brasil, assim como os quase mil carregadores espalhados pelo Brasil que a marca já possui, os novos eletropontos que serão instalados nos próximos anos continuarão sendo gratuitos. Precisa ser cliente da Volvo para usar os carregadores? Boa notícia: não precisa. A marca permitirá a utilização de seus carregadores em modelos híbridos e elétricos de diversas marcas. “Hoje a gente sabe que 90% das cargas de carros elétricos são feitas em casa. As pessoas ainda não têm muita confiança para carregarem seus automóveis na rua. Queremos dar um conforto para esses usuários, mostrando que eles terão onde carregar os carros mesmo em viagens mais longas", diz Oliveira. 

Volvo XC40 totalmente elétrico

Além da criação de seus corredores elétricos, a Volto também anunciou que, a partir de agora, todas as vendas de veículos da linha XC40, que é a porta de entrada dos modelos da marca, serão 100% elétricos.

Hoje o XC40 Recharge Pure Electric é o precursor da linha e, no início do ano que vem, a Volvo estreia no Brasil o C40, seu segundo modelo 100% elétrico. Esse é um movimento que começou em 2017, com o lançamento do XC90 Plug-in Hybrid. No início de 2021, a marca deixou de fabricar veículos que funcionam somente à combustão, tendo unicamente modelos híbridos e elétricos em seu portfólio.

Com a linha XC40 100% elétrica, 40% das vendas da marca no Brasil serão de carros elétricos. "Quando começamos a venda do XC40 elétrico, vendemos 450 unidades em 4 meses. 60% desses consumidores eram clientes que tinham o XC 40 híbrido", afirma Oliveira. “Estamos pegando nosso principal produto e transformando em elétrico. Isso demonstra nossa convicção de que a eletrificação é chave para a mobilidade", finaliza.