Taylor Swift ganha diploma honorário em universidade de Nova York

Embora não tenha cursado o doutorado, a honraria é um reconhecimento da Universidade de Nova York
 (Dia Dipasupil/Getty Images)
(Dia Dipasupil/Getty Images)
Por Da redação, com agênciasPublicado em 18/05/2022 16:08 | Última atualização em 19/05/2022 10:16Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Taylor Swift recebeu um diploma honorário em doutorado em artes plásticas da Universidade de Nova York (NYU) nesta quarta-feira, 18. Mesmo não tendo cursado o doutorada na NYU, o título de Doutora em Belas Artes, honoris causa, foi concedido como reconhecimento de Taylor nessa área de atuação.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos pra você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Além disso, Swift discursou na formatura da classe de 2022, que aconteceu no Yankee Stadium, em Nova York. O mesmo título já foi entregue a nomes como J.K. Rowling, Oprah Winfrey, Meryl Streep e Yoko Ono. Em comunicado à imprensa, a NYU classificou Swift como “uma das artistas mais prolíficas e célebres de sua geração.”

Nas redes sociais, a cantora compartilhou um vídeo em que aparece se arrumando: “Vestindo beca e capelo pela primeira vez – te vejo em breve, NYU,” escreveu na legenda.

O presidente da universidade Andrew Hamilton, ressaltou em comunicado o quanto o momento é significativo, especialmente para os estudantes que não tiveram celebrações presenciais nos últimos anos devido a pandemia de Covid-19.

Essa não é a primeira vez que Taylor é associada a NYU. A universidade oferece uma disciplina sobre o trabalho dela como cantora, embora ela não desempenhe nenhum papel direto na matéria.

O que é diploma honorário?

O título de doutor honorário é concedido quando a pessoa se destaca na área de atuação, mas não cursou o doutorado em uma instituição de ensino. A Universidade de Nova York havia anunciado em março que Taylor Swift receberia a honraria. Meryl Streep, Oprah Winfrey e John Legend são algumas das personalidades que já receberam o título por outras instituições.

O doutorado honorário foi concedido à cantora por ser "uma voz influente para os direitos dos artistas e uma força global contra a discriminação de orientação sexual e identidade de gênero", de acordo com a instituição.