Selva de Tulum, no México, ganhará resort construído em “casulos”

O projeto do escritório de arquitetura espanhol DNA Barcelona ocupará uma área de 46.000 metros quadrados com 3 edifícios residenciais e 2 hotéis

Nos tempos pré-colombianos, a cidade mexicana de Tulum foi um dos sítios portuários mais importantes da civilização Maia. Hoje, ruínas de muralhas seculares e praias paradisíacas atraem turistas do mundo inteiro. Seja para um roteiro histórico ou mesmo para relaxar, o ponto forte de Tulum é ser uma cidade com opções que agradam a todos.

Tulum: antigas construções maias se juntam à praias paradisíacas.

Tulum: antigas construções maias se juntam à praias paradisíacas. (DEA / M. BORCHI/Getty Images)

Com foco no ecoturismo e cravado no meio da selva de Tulum, um novo projeto arquitetônico assinado por um escritório espanhol quer integrar os hóspedes à natureza e desligá-los do resto do mundo por meio de casulos. Inspirado no conceito de biomimética, sistema que imita modelos e estruturas da natureza para resolver problemas humanos, quando estiver pronto, o empreendimento terá mais de 46.000 metros quadrados, com três edifícios residenciais e dois hotéis, um total de 204 apartamentos, 167 quartos e 16 moradias privadas, tudo dentro de cinco casulos.

Resort: serão cinco “ninhos” cravados no meio da selva de Tulum.

Resort: serão cinco “ninhos” cravados no meio da selva de Tulum. (DNA Barcelona/Divulgação)

O escritório DNA Barcelona Architects diz que a proposta do projeto é proporcionar uma fuga do cotidiano aos que se hospedarão no local, que ainda não tem data para começar a ser construído. Para além dos quartos, o empreendimento oferecerá espaços comunitários integrados à natureza, como jardins de selva. Contará também com espaços de lazer, restaurantes, spas e inúmeras piscinas. 

O empreendimento terá 16 acomodações privadas

O empreendimento terá 16 acomodações privadas (DNA Barcelona/Divulgação)

Segundo o escritório responsável pelo projeto, a construção se dará de maneira sustentável, com materiais que minimizam impactos na natureza. Quando estiver pronto, a água da chuva será tratada e utilizada no complexo, e a energia virá de painéis solares.

Veja fotos:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.