Rack não é só para TV: escolha o certo para cada cômodo

Móvel não funciona apenas nas salas de televisão — basta utilizá-lo a favor da decoração

Esqueça todos os padrões pré-estabelecidos da decoração. Móveis são móveis. Nenhum deles precisa servir apenas para o que a nomenclatura sugere. Sabemos que rack é uma peça projetada para determinado fim. Contudo, se deslocarmos, por um momento, a sua imagem para outro cômodo da casa podemos expandir o potencial dele. Em resumo, racks não precisam ser necessariamente utilizados em salas de TV ou em ambientes com este aparelho. Na verdade, estas peças são bem mais versáteis do que se imagina.

Funciona inclusive em varandas

Funciona inclusive em varandas (Viva Decora/Divulgação)

Qual a melhor função para os racks?

O surgimento dos racks tem a ver com a evolução tecnológica – que, obviamente, sempre impacta o design de interiores. Como se sabe, os novos aparelhos de televisão são bem mais leves que os de antigamente. Por isso, podem ser apoiados não só em estantes como em armários baixos e também podem ser fixados em painéis. Logo, os racks talvez sejam a última opção.

Mas, assim como bufês e aparadores, eles podem servir apenas como base para objetos diversos. Por exemplo? Arranjos de flores, vasos decorativos, porta-retratos, quadros ou somente outros aparelhos eletrônicos, como vídeo games.

Pode apoiar TVs ou não

Pode apoiar TVs ou não (Viva Decora/Divulgação)

Em outras palavras, os racks podem ser utilizados, sim, para apoiar TVs. Mas se você pensar bem vai concluir que eles podem resolver problemas enfrentados em diversos cômodos da casa. Podem virar um complemento perfeito ou o destaque principal em qualquer cenário. É só uma questão de criatividade.

Onde mais usar os racks?

A escolha óbvia é colocá-los na sala de estar. É onde a maioria das pessoas prefere instalar a televisão, embora não seja o único ambiente no qual o aparelho é requisitado. Já temos uma pista de onde mais podemos utilizar os racks. No quarto de um casal, por exemplo, ou no quarto de um solteiro, na brinquedoteca, no escritório e até mesmo na varanda. É só escolher a peça que mais combina com a decoração do cômodo eleito.

Peça pode ser usada em cômodos diversos

Peça pode ser usada em cômodos diversos (Viva Decora/Divulgação)

Como usar os racks na decoração?

Nas lojas é possível encontrar todo tipo de rack, dos mais variados estilos. Geralmente os móveis fabricados para utilização em salas de estar combinam com painéis para TV – e inclusive costumam ser vendidos como se fossem um conjunto. Apresentam dimensões, cores e texturas diferentes. E é exatamente por isto que algumas destas peças podem ser tão facilmente adaptadas a outras situações decorativas.

Quartos mais amplos podem contar, em seu layout, com um ponto para TV. Mas nestes ambientes o rack pode ser também um bom local para guardar objetos diversos como brinquedos, livros e até sapatos – se houver uma boa profundidade, claro. Mas aí é melhor uma peça proporcional ao ambiente, com tons claros para decorações tradicionais ou em cores bem vivas para decorações mais lúdicas e joviais.

Já em áreas de refeições um rack pode servir para guardar utensílios e ser um auxiliar na hora de servir as travessas. Então, ou ele deve apresentar uma altura mais elevada ou ser instalado em um nível mais alto, proporcional à mesa de jantar.

A versatilidade do rack

A versatilidade do rack (Viva Decora/Divulgação)

Numa varanda é interessante que o rack fique mais alto ainda, para permitir um espaço abaixo para abrigar equipamentos como adegas. Quanto mais formal é o ambiente mais sóbrio deve ser o seu rack – de preferência com portas fechadas, para esconder os pertences.

Já para os espaços de visual descontraído os racks com design mais diferenciado, com vários nichos abertos, recortes e outros detalhes especiais, combinam melhor. E o casamento com outras peças pode gerar soluções surpreendentes. Por que não montar um rack-escrivaninha?

Lembre-se: não se prenda a ideias pré-estabelecidas.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.