Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Quatro museus para visitar sem sair de casa

Fechados até que o novo coronavírus deixe de ser uma ameaça, museus criam experiências virtuais

MAM-SP

Apreciar uma obra de arte pelo computador ou smartphone não se compara à experiência de tê-la ao vivo, diante dos olhos. Mas é à tecnologia que os grandes museus, fechados pela pandemia em curso, têm recorrido para manter os espectadores próximos de seus acervos. No site do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP) agora é possível fazer um tour virtual por dez exposições passadas que deram o que falar, como a de Mira Schendel e a de Leda Catunda. mam.org.br

MAM-SP: obra de Mira Schendel MAM-SP: obra de Mira Schendel

MAM-SP: obra de Mira Schendel (MAM/Divulgação)

Metropolitan

Mesmo com as portas fechadas, o gigantesco museu nova-iorquino segue inspirando conhecimento, ideias e criatividade. Criou um ambiente virtual alimentado constantemente no qual é possível apreciar trabalhos de pintores contemporâneos como Gerhard Richter e dos mestres holandeses, além de assistir concertos e entrevistas com curadores. Também reúne vídeos que permitem contemplar a instituição em 360 ​​graus e catálogos para download de exposições anteriores. Basta acessar metmuseum.org.

6. The Metropolitan Museum of Art The Metropolitan Museum of Art

The Metropolitan Museum of Art (Carlos Delgado/Wikimedia Commons/Wikimedia Commons)

Louvre

Quem já esteve no museu parisiense decidido a contemplar a Mona Lisa sabe que a tarefa na verdade é inexequível com tanta gente ao redor e com quase todo mundo de celular em punho. A experiência de realidade virtual criada pelo Louvre, no entanto, que pode ser baixada no smartphone gratuitamente, permite apreciar a obra-prima de Leonardo da Vinci no conforto do lar e sem ninguém tampando a sua visão. A instituição também disponibilizou em seu site um tour pela chamada Petite Galerie, além de informações sobre acervo. louvre.fr

Pirâmide em frente ao Museu do Louvre na França Pirâmide em frente ao Museu do Louvre na França

Pirâmide em frente ao Museu do Louvre na França (Charles Platiau/Reuters)

Reina Sofía

Uma das experiências digitais ofertadas pelo museu madrileno é a Repensar Guernica, que permite contemplar em detalhes a tela mais emblemática de Pablo Picasso e refletir sobre ela. Como se sabe, a obra foi inspirada no bombardeio de que foi vítima a cidade basca de Guernica em 26 de abril de 1937, durante a guerra civil espanhola. O ataque partiu dos exércitos da Alemanha e da Itália e a tela virou um símbolo político, relembrado em quase todo episódio de violência mundo afora. museoreinasofia.es

Guernica, obra de Pablo Picasso Guernica, obra de Pablo Picasso

Guernica, obra de Pablo Picasso (Museo Reina Sofía/Divulgação)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também