Qual vinho escolher para a ceia de natal? Veja opções com harmonização

Branco, tinto, rosé ou espumante? Philippe de Nicolay Rothschild, francês fundador do e-commerce Edega, indica os melhores rótulos para o natal 2021
 (Liliboas/Getty Images)
(Liliboas/Getty Images)
M
Matheus Doliveira

Publicado em 10/12/2021 às 09:00.

Última atualização em 10/12/2021 às 18:30.

A pergunta feita no título desta matéria é uma dúvida universal. Há duas semanas do Natal, é hora de escolher quais são os melhores vinhos para ir à mesa na ceia de 2021.

Philippe de Nicolay Rothschild, fundador do e-commerce Edega, tem seus prediletos. Para ele, a cesta ideal desse ano é composta por dois vinhos e um champagne. "Minha primeira indicação vem da região de Chablis, é o Chablis Premier Cru Vaillon 2005. O produtor, Daniel-Etienne Defaix, é um dos poucos no mundo que guarda as garrafas por pelo menos 5 anos antes de comercializá-las", diz. "Para o prato principal, minha recomendação é um vinho redondo, macio e elegante, o Carruades de Lafite 2010. Já quando chega meia-noite, é hora de abrir a champagne. O Barons de Rothschild Extra Brut vai encerrar uma ceia que ninguém da sua família vai esquecer", finaliza. 

Os associados do Clube de vinho da Edega ganham até 25% de desconto nos rótulos e podem reverter 100% do preço mensal da assinatura em produtos.

Em parceria com a EXAME, a Edega também oferece descontos exclusivos aos leitores, mesmo para os não associados ao clube da marca. Quem comprar por meio do link da EXAME ganha 10% de desconto em todo o portfólioPara isso, é só acessar o site do e-commerce por meio desse link e, na hora de concluir o cadastro obrigatório, selecionar a opção “Exame” na aba “Como nos conheceu”.

Confira a seleção natalina de Philippe de Nicolay Rothschild:

Chablis Premier Cru Vaillon 2005 

(Edega/Reprodução)

Fiel ao seu terroir de origem, o Chablis Vaillon é o mais encorpado dos três Premier Cru de Daniel-Etienne Defaix. Ele possui uma bela estrutura mineral, com notas amanteigadas, de especiarias e de brioche. No paladar, esse vinho é muito equilibrado, redondo e generoso. Sua mineralidade traz um belo frescor aliado com um bom frutado. O vinho oferece até um longevo final uma impressão de plenitude e um momento de exceção. Um vinho versátil que harmoniza bem com uma grande diversidade de pratos como bacalhoada, ostras à milanesa, salmão, robalo, frutos do mar, lombo de porco e vitela. Preço: 565 reais no edega.com.br.

Carruades de Lafite 2010

(Edega/Reprodução)

Carruades de Lafite é o segundo vinho do Château Lafite Rothschild, uma das mais antigas propriedades de Pauillac, com terroir delimitado para cada tipo de vinho. Este vinho é produzido a partir dos vinhedos selecionados dentro da propriedade de 112 ha e o nome "Carruades" é proveniente do planalto das Carruades, onde são plantadas a maioria das suas uvas. Seus solos são de graves finas misturadas com areia e subsolo calcário. As castas são provenientes de parcelas bem definidas, sendo utilizadas castas mais jovens. Harmoniza perfeitamente com pratos de carnes vermelhas, carnes de caça, lombo de porco e embutidos. Preço: 3.825 reais no edega.com.br.

Champagne Barons de Rothschild Extra Brut

(Edega/Reprodução)

O Barons de Rothschild Extra Brut é a mais bela combinação do "savoir-faire" e da melhor expressão do terroir, evidenciando toda a sua pureza, mineralidade, refrescância e maturidade. O Extra Brut é um champagne diferente por conter apenas 3g de açúcar, portanto, destaca-se ainda mais pela pureza e identidade das castas que fazem parte do seu corte. Este champagne tem um perfil mais mineral, seco e cítrico. Ele combina particularmente bem com entradas delicadas, carpaccio, tartar de peixe e ceviche. Preço: 860 reais no edega.com.br.