Flamengo e Palmeiras: os times mais valiosos do Brasil; confira ranking

Alguns dos destaques do estudo feito pela Sports Value mostram que o Palmeiras passou o Corinthians e é o segundo clube mais valioso do Brasil
 (Getty Images/MB Media / Colaborador)
(Getty Images/MB Media / Colaborador)
Por Julia StorchPublicado em 19/01/2022 11:27 | Última atualização em 19/01/2022 14:06Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Quanto valem os clubes brasileiros e o que impacta nos valores? A Sports Value apresenta um estudo exclusivo sobre o valuation de cada time. Mesmo com as perdas de receitas com a covid-19, os TOP 30 times mantiveram o valor conjunto de 25 bilhões de reais, o mesmo de 2020. Muito em função do câmbio e valorização de alguns times em particular.

Assine a EXAME e acesse as notícias mais importantes em tempo real.

Clubes que detém ativos modernos valem mais e controlar ativos próprios faz diferença. Mesmo com menores torcidas e menor valor de marca, um estádio é muito representativo em valuations. Deter um centro de treinamento, shopping e elenco valioso tem muito peso na avaliação final.

"Surpreendentemente, mesmo que os times perderam mais de um bilhão de reais em receita, ainda assim, com a queda no valor das marcas, com a valorização dos elencos como o Atlético Mineiro, o Red Bull, o Flamengo, há uma valorização em euro que acabou impactando na valorização", comenta Amir Somoggi, sócio diretor da Sports Value.

Alguns dos destaques do estudo mostram que o Palmeiras passou o Corinthians e é o segundo clube mais valioso do Brasil. A valorização do elenco alviverde impactou no resultado.

Red Bull Bragantino saltou da 17ª posição para 12ª, houve forte valorização do elenco e aumento do valor da marca. Valuation cresceu 86%. Atlético-GO incorporou estádio e CT aos ativos e cresceu 111% em valor. Outros que apresentaram bom crescimento foram Fortaleza, América-MG, Atlético-MG Cuiabá e Ceará.

Já o Cruzeiro apresentou queda no valuation em -24%, e o Flamengo perdeu um pouco do valor, mas deve subir bastante na terceira edição do estudo.

Para Somoggi, o estudo também mostra que não adianta os clubes terem apenas torcida. "O Palmeiras tem muito menos torcida que o Flamengo e está cada vez mais perto no ranking. O Corinthians perdeu espaço para o Palmeiras, que hoje está consolidado como segunda força. Ou o São Paulo, que tem um estádio obsoleto e vale menos do que o Atlético Paranaense, que tem um estádio moderníssimo", comenta.

O estudo mostra que, quem geriu bem a gestão de ativos obteve melhor lugar no ranking. "O investidor olha para o centro de treinamento, estádio e marca. Mas, se você comparar a marca do Atlético Paranaense e a do Red Bull, estas são insignificantes na comparação com o São Paulo, o Grêmio e o Flamengo. A diferença está na gestão de ativos", diz.

Os números do estudo representam 100% do valor do time, sem desconto das dívidas. A análise atual já considera os efeitos negativos da pandemia no valor das marcas dos times e o impacto da valorização do euro nos elencos, que são cotados no Transfermarket.

Confira o ranking com comparativo de 2020

RK

RK

Clubes

Valuation 2021

Valuation 2020

Variação

2021

2020

1

1

Flamengo

2.692

2.873

-6%

2

3

Palmeiras

2.349

2.194

7%

3

2

Corinthians

2.278

2.279

0%

4

7

Atlético-MG

1.966

1.702

16%

5

6

Atlhetico-PR

1.785

1.675

7%

6

5

Internacional

1.718

1.749

-2%

7

4

São Paulo

1.716

1.778

-3%

8

8

Grêmio

1.500

1.546

-3%

9

9

Fluminense

1.088

1.043

4%

10

11

Santos

967

905

7%

11

10

Vasco da Gama

802

953

-16%

12

17

Red Bull Bragantino

692

372

86%

13

12

Cruzeiro

635

837

-24%

14

13

Botafogo

511

605

-16%

15

14

Bahia

459

550

-17%

16

19

América-MG

402

320

26%

17

15

Coritiba

396

458

-14%

18

24

Fortaleza

351

254

38%

19

16

Sport

345

412

-16%

20

29

Atlético-GO

340

161

111%

21

-

Guarani

300

282

6%

22

21

Ponte Preta

297

277

7%

23

20

Santa Cruz

295

292

1%

24

23

Ceará

292

259

13%

25

22

Náutico

287

263

9%

26

18

Goiás

239

345

-31%

27

30

Paysandu

162

157

3%

28

33

Cuiabá

161

140

15%

29

25

Avaí

159

233

-32%

30

26

Vitória

155

204

-24%