Casual

Oficina Reserva apresenta camisa que se mantém esticada através da temperatura do corpo

A peça, feita em 100% algodão, passou por 36 fases de processamento e mantém o tecido sempre esticado através da temperatura do corpo

Oficina Reserva apresenta a camisa Maleável. (Divulgação/Divulgação)

Oficina Reserva apresenta a camisa Maleável. (Divulgação/Divulgação)

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 5 de julho de 2024 às 12h18.

Última atualização em 5 de julho de 2024 às 13h51.

Tudo sobreModa
Saiba mais

Conhecida por reinventar os clássicos do armário masculino, a Oficina Reserva apresenta sua camisa social de ponta, uma peça que não amassa e não limita os movimentos, feita com tecnologia japonesa inédita no Brasil.

As peças foram pensadas para homens contemporâneos que vivem em movimento e transitam entre as mais diversas ocasiões ao longo de um dia sem perder a elegância.

A peça, feita em 100% algodão, passou por 36 fases de processamento e mantém o tecido sempre esticado através da temperatura do corpo.

A inovação começa no fio de algodão,  que é ativada pelo calor e pela transpiração do corpo previne as rugas. Também há redução nas costuras, minimizando tensões no tecido e mantendo sua forma impecável e livre de dobras.

Batizada de camisa Maleável, é a nova integrante de uma família de produtos best sellers, que vem sendo desenvolvida há três anos pela Oficina, marca premium de alfaiataria do grupo Azzas 2154.

Patrick Sampaio, da Seleção Brasileira de Ginástica Artística apresenta a campanha da camisa maleável. (Divulgação/Divulgação)

Com um time de criação que acredita ser capaz de achar “leveza onde menos se espera”, o mix já conta com blazers, calças, bermudas e jaquetas da mesma linha.

Para o lançamento da camisa campeã em flexibilidade, a campanha traz alguém que faz acrobacias com conforto, o atleta Patrick Sampaio, da Seleção Brasileira de Ginástica Artística, que assim como a Oficina trabalha no dia a dia para bater seus próprios recordes.

"Todo produto da Oficina precisa nascer com dois pilares: conforto e elegância. Acredito que nunca cumprimos tão bem esse desafio quanto em nossa linha Maleável. A camisa levou quase 2 anos sendo desenvolvida para que tudo o que a gente imaginou pudesse ser sentido na pele pelo cliente", diz Gabriel Zandomênico, CEO da Oficina.

Acompanhe tudo sobre:ModaRoupas

Mais de Casual

A homenagem da Montblanc aos Jogos Olímpicos

Lembra da Von Dutch? Marca de bonés planeja retorno

Bar da Dona Onça terá menu degustação pela primeira vez

São Petersburgo se volta para turistas do Oriente

Mais na Exame