Mostra exibe humor de Caruso direto no uísque

Cartuns de Paulo Caruso feitos em garrafas rendem a exposição "Confesso Que Bebi"
Cartunista Paulo Caruso mostra os seus trabalhos de humor feitos em garrafas de uísque (Divulgação)
Cartunista Paulo Caruso mostra os seus trabalhos de humor feitos em garrafas de uísque (Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 21/05/2013 às 11:59.

São Paulo - Quem disse que uísque não é arte? Está aí o cartunista Paulo Caruso para comprovar que bebida – principalmente a escocesa – é. É que do costume de manter a roda de conversa com os amigos no bar Tiro Liro, na Pompéia, zona oeste paulistana, acaba de nascer uma exposição com 40 garrafas do destilado (vazias, claro) com charges e piadas nos rótulos.

Segundo Caruso, a ideia nasceu sem nenhuma pretensão. “Cada garrafa que eu abria, anotava meu nome e a data. Logo passei a rabiscar piadinhas alusivas às datas. A partir de certo momento a coisa se tornou mais um desafio de criatividade, e as piadas e as garrafas foram se sucedendo”, explica Caruso.

“Confesso Que Bebi”, o singelo nome da exposição que abre as portas ao público na próxima quarta-feira (22), é uma brincadeira de Caruso, que une um poema do chileno Pablo Neruda ao humor do amigo – e também cartunista – Jaguar:

"Talvez não tenha bebido eu mesmo, talvez tenha bebido a bebida dos outros; Do que deixei desenhado nestas garrafas se desprenderão sempre – como nos tonéis de puro malte e lúpulo – as cevadas que vão morrer e reviverão na parte dos anjos do uísque sagrado; Minha bebida é uma bebida feita de todas as bebidas: as bebidas do poeta".

O Que: Confesso que Bebi, de Paulo Caruso
Onde: Tiro Liro Bar. Rua Cotoxó, 1185, Pompéia. São Paulo – SP
Quando: Horário: de segunda a sexta, das 16h à 1h, e sábado, das 11h30 às 18h. Até 22/07
Quanto: Grátis