Hamilton vence batalha para derrubar árvore em mansão de R$ 113 milhões

Vizinhos defendiam que piloto estava 'destruindo a natureza' e abriram reclamação no conselho municipal
 (Hamad I Mohammed/Reuters)
(Hamad I Mohammed/Reuters)
A
Agência O GloboPublicado em 27/04/2022 às 12:05.

Heptacampeão de Fórmula 1, Lewis Hamilton ganhou uma batalha no conselho municipal para derrubar uma árvore em sua mansão de 18 milhões de libras (R$ 113 milhões na cotação atual) no bairro de Kensington e Chelsea, em Londres, na Inglaterra.

Os vizinhos abriram uma reclamação no conselho local alegando que a ameixeira era "linda" e que o piloto estaria "destruindo a natureza". Hamilton, porém, apresentou às autoridades um relatório de seu jardineiro com evidências de que a árvore estava morrendo. Por fim, o conselho concedeu permissão para derrubar a árvore e podar uma magnólia.

Conforme a BBC, a casa de estilo vitoriano de Hamilton tem um jardim de 60 metros e uma garagem privada. O piloto da Mercedes já fez uma série de reformas desde que comprou a propriedade há cinco anos.

No ano passado, por exemplo, instalou portões de metal e construiu muros para "melhorar a privacidade do edifício". Em 2020, a demolição de uma pequena casa no jardim da mansão também não agradou os moradores da região.

Hamilton já havia obtido permissão para podar um castanheiro-da-índia. Na época, teve o apoio de um vizinho que defendeu que a árvore estava atraindo pombos que deixavam excrementos no jardim.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.