Casual
Acompanhe:

Dia do Cabernet Sauvignon: 7 rótulos para conhecer esta variedade de uva

Conhecida como “rainha das uvas tintas”, a cabernet sauvignon ganhou não somente o paladar do público ao redor do mundo mas também um dia próprio para celebrar

Em celebração ao Dia do Cabernet Sauvignon, Casual EXAME selecionou rótulos de diversos países para comemorar a data (Rafa Elias/Getty Images)

Em celebração ao Dia do Cabernet Sauvignon, Casual EXAME selecionou rótulos de diversos países para comemorar a data (Rafa Elias/Getty Images)

J
Julia Storch

29 de agosto de 2022, 17h11

Do cruzamento das uvas cabernet franc e a sauvignon blanc foi desenvolvida a variedade cabernet sauvignon, que deu origem a um dos vinhos mais consumidos no mercado. Conhecida como “rainha das uvas tintas”, a cabernet sauvignon ganhou não somente o paladar do público ao redor do mundo mas também um dia próprio para celebrar, hoje, 29, é comemorado o Dia do Cabernet Sauvignon.

Apesar de ser originária de Bordeaux, a cepa se adaptou muito bem em outros países como Itália, Chile, Brasil, Estados Unidos e África do Sul, seus frutos são conhecidos por terem características de cor escura, de pele grossa e polpa pequena, com forte acidez e taninos acentuados.

"A cabernet sauvignon é provavelmente o melhor exemplo de casta internacional, sendo uma das castas mais cultivadas no mundo, representando aproximadamente 5% da área total de vinhedos global. Seus vinhos tipicamente apresentam aromas e sabores de frutas pretas, como cassis, notas de pimentão verde e eucalipto, por causa das pirazinas presentes nas uvas, bem como níveis elevados de acidez e taninos. Frequentemente é utilizada em blends com outras castas, contribuindo com intensidade de cor, acidez e taninos, como é o caso do tradicional corte bordalês", explica Vinicius Santiago, head sommelier no Vissimo Group.

Segundo o sommelier, com o amadurecimento dos vinhos em barricas de carvalho, os taninos são amaciados e desenvolvem aromas de baunilha e notas defumadas. "Por causa de sua tipicamente elevada concentração de aromas e sabores, bem como sua elevada acidez, seus vinhos costumam ter bom potencial de evolução, amaciando os taninos e ganhando notas terciárias, como passas, couro e tabaco", diz.

Em celebração ao Dia do Cabernet Sauvignon, Casual EXAME selecionou rótulos de diversos países para comemorar a data.

McGuigan The Plan Cabernet Sauvignon 2017

McGuigan The Plan Cabernet Sauvignon 2017. (Evino/Divulgação)

O plano que deu origem a esta seleção de vinhos nasceu em 1880 e foi idealizado pela família McGuigan com maestria. Com o objetivo de produzir artesanalmente rótulos vibrantes e excepcionais que expressem o melhor da viticultura australiana, nasceu o The Plan Cabernet Sauvignon, um exemplar de paladar rico, encorpado e taninos maduros. Na hora de harmonizar, aposte em pratos intensos, como maminha assada com batatas ou nhoque à bolonhesa. Disponível no e-commerce Evino por R$ 116,90.

Nieto Senetiner Fran Cabernet Sauvignon 2021

Nieto Senetiner Fran Cabernet Sauvignon 2021. (Evino/Divulgação)

Tradição e autenticidade são alguns dos grandes guias da Nieto Senetiner. Com uma experiência de mais de 130 anos sendo transmitida de geração em geração, a equipe da vinícola compreende cada safra como um novo desafio, no qual o trabalho de um ano inteiro é aperfeiçoado para oferecer uma experiência única. A versão cabernet sauvignon da seleção Fran é exemplo disso. Harmonioso, persistente, e com taninos elegantes, ele apresenta aromas acentuados de cassis, oriundos do amadurecimento em carvalho, e notas de frutas pretas. Disponível no e-commerce Evino por R$ 94,90.

Abadia Retuerta Pago Valdebellon 2015

Abadia Retuerta Pago Valdebellon 2015. (Grand Cru/Divulgação)

Este vinho foi produzido com uma grande personalidade, inteiramente de uvas da variedade cabernet sauvignon cultivadas em um terroir rico em calcário, abençoado com o seu próprio microclima. Após uma maceração completa, passa meses de envelhecimento em barricas novas de carvalho francês. Seu persistente bouquet é uma marca de sua produção. No geral, é um vinho complexo e generoso que ganhou até 93 pontos no Wine Advocate, publicado pelo renomado crítico americano Robert Parker. E embora a variedade não seja típica da região, Pago Valdebellón sabe respeitar o espírito da tradição milenar da Abadia. Disponível no e-commerce Grand Cru por R$ 1.273,94.

Le Haut Medoc D Issan 2014

Le Haut Medoc D Issan 2014. (Grand Cru/Divulgação)

Ler o nome Issan estampado em um rótulo pode ser um tanto quanto empolgante para aficionados por grandes vinhos de Bordeaux — trata-se de uma das mais antigas e tradicionais propriedades de toda a região francesa. Apesar de não ser um Margaux, este rótulo do Château D'Issan atinge elegância que remete aos vinhos mais finos da sub-região bordalesa. Um belíssimo Bordeaux, com tipicidade e elegância, que se torna ainda melhor ao lado de uma tábua de charcuterie. Disponível no e-commerce Grand Cru por R$ 555,90.

Korlat Cabernet Sauvignon 2016

Korlat Cabernet Sauvignon 2016. (Sociedade da Mesa/Divulgação)

A uva deste rótulo é cultivada e elaborada na região de Korlat, na Croácia. Com aroma concentrado, a bebida possui taninos maduros e um leve resíduo de açúcar não fermentado, resultando em um vinho único e agradável para celebrações especiais. Esse rótulo também vem de um seguimento especial pelo design de suas garrafas e rótulos, pelos quais ganharam prêmio de design mundialmente famoso, o Red Dot Award. Disponível no e-commerce Sociedade da Mesa por R$ 369,41.

Angels And Demons Cabernet Red 2019 

Angels And Demons. Cabernet Red 2019. (Sociedade da Mesa/Divulgação)

O vinho russo é produzido das uvas que provêm de vinhas de mais de 20 anos e são colhidas manualmente entre o final de setembro e começo de outubro. O cabernet é elaborado de acordo com a clássica tecnologia de produção de vinho tinto, onde a fermentação é realizada em contato com a casca da uva. O vinho tem sabor limpo, fresco, harmonioso, com taninos macios. Disponível no e-commerce Sociedade da Mesa por R$ 116,47.

Cobos Felino Cabernet Sauvignon 2019

Cobos Felino Cabernet Sauvignon 2019. (Sociedade da Mesa/Divulgação)

O tinto da região de Mendonza estagiou em barricas de carvalho americano (10% novas) durante oito meses. O rótulo foi nomeado duas vezes como personalidade do Vinho do Ano, por Robert Parker. O resultado é um sabor equilibrado e energético, com aroma de frutas vermelhas maduras, um toque mentolado e com sabores concentrados, perfeito para harmonizações. Disponível no e-commerce Sociedade da Mesa por R$ 210,59.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos pra você aproveitar seu tempo livre com qualidade