Casual

Decoração moderna ou contemporânea: qual a diferença e como escolher?

Descubra as sutis distinções entre os estilos de decoração contemporânea e moderna e encontre aquele que mais combina com seu gosto e personalidade

Entenda as diferenças e escolha o estilo ideal para sua casa (Espaço do Traço Arquitetura/Reprodução)

Entenda as diferenças e escolha o estilo ideal para sua casa (Espaço do Traço Arquitetura/Reprodução)

Edicase
Edicase

Agência de notícias

Publicado em 10 de junho de 2023 às 08h00.

Apesar de apresentarem algumas características semelhantes,  a decoração contemporânea e a decoração moderna não são a mesma coisa. Embora ambos os estilos tenham uma abordagem minimalista e valorizem linhas limpas, há diferenças sutis que os distinguem.

“É muito comum usar o termo ‘moderno’ quando queremos nos referir a algo que é atual. Porém, na arquitetura e decoração utilizamos o termo ‘contemporâneo’ para definir um estilo que esteja de acordo com o momento atual”, esclarece a arquiteta Ana Bortone.

A decoração contemporânea abraça a atualidade, permitindo a fusão de diferentes elementos e estilos, enquanto a decoração moderna remete a um período específico do século XX, caracterizado pela simplicidade e pela funcionalidade.

Veja como diferenciá-las e como escolher a decoração que mais combina com seu estilo:

Decoração moderna

O moderno é o estilo precursor do contemporâneo. A decoração moderna surgiu durante o século XX, inspirada no movimento Modernista. Mesmo após tanto tempo, ainda é um estilo que continua em alta e prezando pela simplicidade, praticidade e funcionalidade. “Esse estilo também foca na função e integração entre os ambientes com plantas livres e vãos generosos, valorizando materiais como o concreto e o aço”, acrescenta Ana Bortone.

Decoração contemporânea

A decoração contemporânea preza pela simplicidade, mas também pela sofisticação sutil, conforto e funcionalidade. Apresenta uma estética minimalista, evidenciando mais o espaço e menos os objetos. Além disso, é um estilo que está em constante transformação, uma vez que utiliza ideias e tendências que estão em alta no momento.

A arquiteta e urbanista Marina Belotto explica que no contemporâneo tudo muda muito rápido e não há muitas regras. “Isso está atrelado a pouca durabilidade das coisas, com a tecnologia. Isso permite viver com mais fluidez, há permissão para tudo”, aponta.

Do moderno ao contemporâneo

A designer de interiores Larissa Santo conta que a decoração moderna tinha como maior proposta o minimalismo. “Com a evolução, veio a contemporânea, que permite o uso de outros elementos que completam a decoração. Por exemplo, conseguimos usar pontos de cores, tirando um pouco do monocromático”.

Além disso, ao contrário da decoração moderna, a contemporânea não está limitada a um período específico. “Esse estilo pode ser definido pela palavra que lhe dá o nome ‘contemporâneo’, que significa ‘do momento’, ou seja, o que está acontecendo no design hoje”, explica o arquiteto e urbanista Francesco Torrisi.

Acompanhe tudo sobre:Portal EdiCaseDecoração

Mais de Casual

Secretos, mas nem tanto: conheça bons bares estilo speakeasy em São Paulo

O que a Hering leva para o casamento com o Grupo Azzas 2154

Trem do Pampa: novo passeio no RS oferece paisagens deslumbrantes e degustação de vinho

Mansão à beira-mar de US$ 60 milhões quer bater recorde na Flórida

Mais na Exame