Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Como a morte de Maradona está repercutindo nas redes sociais

Autoridades, personalidades do futebol e clubes onde Maradona jogou lamentaram sua morte; veja os principais posts

Modo escuro

Maradona: ídolo argentino é homenageado nas redes sociais (Eric Gaillard/Reuters)

Maradona: ídolo argentino é homenageado nas redes sociais (Eric Gaillard/Reuters)

A
André Martins

Publicado em 25 de novembro de 2020 às, 15h26.

Última atualização em 25 de novembro de 2020 às, 15h41.

O ex-jogador argentino Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira de parada cardiorespiratória, segundo o jornal argentino Clarín. Maradona tinha 60 anos e estava se recuperando de uma cirurgia recente para a retirada de um coágulo na cabeça.

Autoridades, personalidades do futebol e clubes onde Maradona jogou lamentaram sua morte nas redes sociais.

O presidente da Argentina publicou em seu Twitter: "Você nos levou ao topo do mundo. Você foi o maior de todos. Obrigado por ter existido, Diego. Nós vamos sentir sua falta para sempre".

O perfil oficial do governo cubano lamentou a morte e lembrou que o ex-jogador morreu no mesmo dia que Fidel Castro, amigo de Maradona por décadas: "A história quis que eles [referência a Fidel Castro que morreu em 25 de novembro de 2016] partissem no mesmo dia".

Pelé sempre ligado ao argentino em discussões sobre quem seria o maior jogador da história do futebol também lamentou a morte do ídolo argentino em seu perfil do Instagram: "Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu."

Lionel Messi, jogador do Barcelona e da seleção argentina, disse em sua rede social: "Um dia muito triste para todos os argentinos e para o futebol. Ele nos deixa, mas não vai, porque Diego é eterno. Guardo todos os belos momentos vividos com ele e queria aproveitar a oportunidade para enviar minhas condolências a todos os seus familiares e amigos. DESCANSE EM PAZ"

O Boca Juniors, da Argentina, clube pelo qual Maradona fez história no início da década de 1980, e depois voltou a defender em meados da década de 1990, declarou: "Eterno agradecimento. Eterno Diego"

O Napoli, da Itália, clube onde Maradona fez história na Europa com os títulos italianos de 1987 e 1990 e da Copa da Uefa de 1989, publicou: "Todos esperam nossas palavras. Mas que palavras podemos usar para explicar uma dor como a que estamos experimentando? Agora é a hora de chorar. Então haverá tempo para palavras. Diego".

Políticos brasileiros e do exterior, diversos clubes pelo o mundo e jogadores como Neymar Jr. e Cristiano Ronaldo também postaram homenagens a Maradona em suas redes sociais.

Últimas Notícias

ver mais
Dia do Sorvete: 3 receitas simples de picolé com frutas para se refrescar
Casual

Dia do Sorvete: 3 receitas simples de picolé com frutas para se refrescar

Há 16 horas
Dia do Sorvete: 10 sorveterias e restaurantes para se refrescar em São Paulo
Casual

Dia do Sorvete: 10 sorveterias e restaurantes para se refrescar em São Paulo

Há 18 horas
Filme de ação espanta turistas chineses da Tailândia
Casual

Filme de ação espanta turistas chineses da Tailândia

Há um dia
Le Cordon Bleu vai desembarcar em Curitiba, Belo Horizonte, Natal e Porto Alegre
Casual

Le Cordon Bleu vai desembarcar em Curitiba, Belo Horizonte, Natal e Porto Alegre

Há um dia
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais