Casual
Acompanhe:

Cesta de Páscoa: 3 ideias para o uso da peça na decoração de festas

A Cesta de Páscoa já foi utilizada, no passado, para transportar alimentos. Hoje, ela leva doces para as crianças e pode embelezar a casa

 (Divulgação/Divulgação)

(Divulgação/Divulgação)

V
Viva Decora

Publicado em 10 de abril de 2022, 10h00.

A Páscoa é uma das épocas mais alegres do ano. Percebemos que as lojas se encherem de enfeites coloridos em formatos de ovos e coelhos. 

Logo a criançada já fica alegre com a chegada da Semana Santa, quando recebem suas cestinhas com pequenas guloseimas açucaradas. Até mesmo os adultos parecem ficar mais felizes na ocasião. E podemos intensificar estes sentimentos através da decoração da nossa casa.

Sim, muitas práticas realizadas nesta data em nosso país fazem relação com a crença cristã. Mas precisamos lembrar de que a origem da Páscoa faz relação com a comemoração realizada pelo povo hebreu - e depois por outros povos ao redor do mundo - para marcar o início de uma nova estação do ano. Inclusive o termo 'Páscoa' vem de 'Pessach' que, em hebraico, quer dizer 'passagem'.

Ou seja, mesmo que você não seja cristão, pode comemorar a Páscoa. 

E um dos símbolos desta festa é a cesta de Páscoa. No passado, essa peça era utilizada pelas pessoas para levar comidas especiais para o almoço de Páscoa que era realizado pela comunidade na Igreja mais próxima. 

Depois é que passou a ser usada pelos pais para a colocação de ovos coloridos, brinquedos e mais lembranças para as crianças. E agora pode ser o centro de interesse da decoração da sua casa.

Como utilizar cestas de Páscoa na decoração da sua casa?

1. Na mesa de refeições da sala de jantar

Imagem Viva Decora (Viva Decora/Divulgação)

Assim como no Natal, Ano Novo e em outras festividades, a montagem da mesa da ceia de Páscoa pode ser um lindo pretexto para reunir toda a família para brincar e se divertir na data. Só lembre de que esta decoração historicamente é muito mais voltada para as crianças. 

Então, ela precisa ser repleta de cores, geralmente combinando com a natureza, origem real de quase todos os elementos que viraram símbolos desta data, como os próprios coelhos.

Sobre esta mesa da ceia, você pode utilizar cestas de Páscoa como ornamento do centro. Elas podem receber pequenos enfeites sobre uma "cama" de palha colorida, sendo deixada na decoração local mesmo antes e após a refeição durante este período de comemorações. Outra hipótese que queremos considerar aqui é utilizar a cesta como nos primórdios, para ofertar comida. 

Não estamos falando apenas dos ovos. É também símbolo da páscoa o pão, representando o corpo de Cristo. Uma cesta com pães pode ser estrategicamente deixada entre taças de vinho, representando o sangue de Jesus; e bandejas com lascas de carne de cordeiro, representando o sacrifício feito para redimir os homens de seus pecados. E ainda para tornar o cenário mais charmoso, pode-se deixar na mesa as velas do Círio Pascal.

2. Como centro de mesa na sala de estar

(Viva Decora/Divulgação)

Já na sala de estar, sobre o centro de mesa, pequenas cestinhas podem ser utilizadas para ofertar a sobremesa ou os próprios doces da Páscoa. 

É interessante colocar nesta composição os tradicionais ovinhos coloridos - o símbolo mais conhecido e associado à festividade -, uma tradição envolvendo a brincadeira de pintar que pode ser resgatada por sua família. Além disso, esculturas de coelhinhos ou mesmo coelhinhos de chocolate, representam vida e esperança.

3. Lembrancinhas escondidas em pontos estratégicos

(Viva Decora/Divulgação)

Modelos de papel

E é claro que as visitas não podem sair de mãos abanando de sua casa - pelo menos não nesta data -, não é mesmo? Mais uma vez, a  cesta de Páscoa pode voltar à cena, agora bem mais customizada, para tornar esse ato de carinho, essa troca de amor, bem mais especial. 

Se a lembrança for mais singela, pode-se fazer de papel mesmo algumas cestinhas, talvez recortadas em formato de coelhinho. Outra ideia é usar sacolas com um pompom grudado na parte de baixo, como se fosse um coelho estilizado; um jeito super simples, prático e barato para condicionar os doces que serão entregues aos convidados da sua festa em casa.

Modelos de vime ou tecido costurado à mão

Claro que mãos mais habilidosas podem conseguir trançar cestas em materiais mais nobres, como o vime. Uma forma mais simples de fazer cestas artesanais é costurando retalhos de tecidos, como feltro ou juta. 

Outra ideia ainda melhor é combinar os dois materiais, fazendo a base da cesta em vime - ou imitação, como tiras de jornal trançado e pintado - e o acabamento interno, mais outros detalhes, em tecido. Fica um charme só.

Cestas de crochê e materiais reciclados

Para finalizar as possibilidades de confecção de cestas de Páscoa artesanais, trazemos o exemplo daquelas feitas em crochê, com um visual super delicado, combinando com a chegada do outono no Brasil. 

E tem ainda as cestas feitas de modo ainda mais criativo, com o aproveitamento de materiais ainda mais simples e baratos, até mesmo reciclado. É o caso das cestinhas feitas de garrafas pet ou, como no exemplo a seguir, feitas de forminhas de papel para cupcake.

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.