• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Carro movido a célula de combustível bate recorde mundial de autonomia

Cinco pilotos se revezaram no volante do protótipo no circuito de Albi durante três dias, das 07h à meia-noite, para bater o recorde de distância de 1.360 km
O carro elétrico de célula de combustível de última geração da ARM Engineering, o G-H3, tenta quebrar um recorde de distância dupla no circuito de Albi, em Albi, sudoeste da França. (AFP/AFP)
O carro elétrico de célula de combustível de última geração da ARM Engineering, o G-H3, tenta quebrar um recorde de distância dupla no circuito de Albi, em Albi, sudoeste da França. (AFP/AFP)
Por AFPPublicado em 12/05/2022 16:53 | Última atualização em 13/05/2022 10:44Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Um carro elétrico modificado com uma célula de combustível alimentada por biomassa e hidrogênio quintuplicou a autonomia de fábrica e bateu um recorde mundial superior a 2.000 quilômetros, constatou um jornalista da AFP. 

Um Renault Zoé - veículo totalmente elétrico com autonomia de quase 400km -, modificado pela ARM Engineering, completou um trajeto de 2.055,68 quilômetros à meia-noite de quarta-feira.

Para cobrir esta distância, utilizou uma carga completa de sua bateria e um tanque com 200 litros de G-H3 - um biocombustível produzido a partir de esterco e hidrogênio -, que alimentam uma célula de combustível e geram eletricidade.

O processo, idealizado pela empresa do sudoeste francês, permite utilizar o G-H3 para reformar o hidrogênio "e criar, assim, eletricidade para alimentar a bateria", segundo Marc Lambec, seu presidente.

Cinco pilotos se revezaram no volante do protótipo no circuito de Albi durante três dias, das 07h à meia-noite, para bater o recorde de distância de 1.360 km que pertencia a um Toyota Mirai nos Estados Unidos.

O mecanismo também é adaptável para um vepiculo com motor de combustão interna. "É um veículo térmico, o dispositivo permite reduzir em 80% as emissões de CO2 e suprimir as partículas finas", afirma Marc Lambec, de 39 anos.

Lambec estimou ser necessário meio litro de G-H3 para produzir um kWh de eletricidade.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.