• AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,75 2.06
  • ABCB4 R$ 16,63 0.67
  • ABEV3 R$ 14,15 0.78
  • AERI3 R$ 3,68 3.08
  • AESB3 R$ 10,88 0.37
  • AGRO3 R$ 31,30 0.38
  • ALPA4 R$ 22,04 3.52
  • ALSO3 R$ 19,02 0.11
  • ALUP11 R$ 26,80 -1.00
  • AMAR3 R$ 2,64 3.94
  • AMBP3 R$ 32,38 4.15
  • AMER3 R$ 22,19 1.37
  • AMZO34 R$ 3,45 5.70
  • ANIM3 R$ 5,63 2.93
  • ARZZ3 R$ 81,32 2.34
  • ASAI3 R$ 15,91 1.21
  • AZUL4 R$ 21,11 5.18
  • B3SA3 R$ 12,24 2.77
  • BBAS3 R$ 37,59 0.05
  • AALR3 R$ 20,13 -0.20
  • AAPL34 R$ 68,75 2.06
  • ABCB4 R$ 16,63 0.67
  • ABEV3 R$ 14,15 0.78
  • AERI3 R$ 3,68 3.08
  • AESB3 R$ 10,88 0.37
  • AGRO3 R$ 31,30 0.38
  • ALPA4 R$ 22,04 3.52
  • ALSO3 R$ 19,02 0.11
  • ALUP11 R$ 26,80 -1.00
  • AMAR3 R$ 2,64 3.94
  • AMBP3 R$ 32,38 4.15
  • AMER3 R$ 22,19 1.37
  • AMZO34 R$ 3,45 5.70
  • ANIM3 R$ 5,63 2.93
  • ARZZ3 R$ 81,32 2.34
  • ASAI3 R$ 15,91 1.21
  • AZUL4 R$ 21,11 5.18
  • B3SA3 R$ 12,24 2.77
  • BBAS3 R$ 37,59 0.05
Abra sua conta no BTG

5 modelos de rack para a decoração da casa

O rack é um móvel que pode aparecer em decorações de salas, quartos, varandas e até no home office. Conheça diferentes opções para casa
Do mesmo modo como acontece com o design de outros móveis, os racks podem enfatizar um estilo estético, como clean moderno ou rústico clássico. (Divulgação/Viva Decora)
Do mesmo modo como acontece com o design de outros móveis, os racks podem enfatizar um estilo estético, como clean moderno ou rústico clássico. (Divulgação/Viva Decora)
Por Viva DecoraPublicado em 15/05/2022 08:30 | Última atualização em 13/05/2022 12:42Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Os racks invadiram as nossas casas e hoje fazem parte de todas as composições de decoração para salas de estar. Além disso, eles também podem aparecer em decorações de varandas, escritórios, salas íntimas e quartos. E mesmo não obrigatório, quase sempre servem a um propósito, que é dar suporte aos aparelhos de mídia, sobretudo a TV - fazendo ou não conjunto com painéis para TV. Mas como escolher um modelo ideal de rack

Do mesmo modo como acontece com o design de outros móveis, os racks podem enfatizar um estilo estético, como clean moderno ou rústico clássico. 

Contudo, alguns detalhes são muito semelhantes entre essas diferentes peças, pois visam atender as necessidades dos usuários. Além do mais, existem racks com um desenho diferenciado que permite otimizar melhor os ambientes de salas. Veja mais detalhes no texto a seguir.

1. Racks extensível e com puffs

(Viva Decora/Divulgação)

O primeiro modelo de rack moderno que podemos citar - e um dos mais procurados atualmente nas lojas - é o modelo extensível. Quer dizer que esse modelo possui um módulo fixo em medidas mínimas. 

Contudo, com uma moldura em formato de 'L' que pode ser deslocada, aumentando a extensão do móvel para que o mesmo possa preencher mais área de parede, respondendo melhor à necessidade imposta para a decoração.

Acontece que quando esse modelo de rack está "aberto", estendido em sua maior medida, uma área em seu interior fica vazia, sem utilidade. 

A mesma pode ser preenchida com pufes extras que, eventualmente, podem ser utilizados como assentos extras para as visitas. Os mesmos podem ser quadrados, como pequenos módulos, ficando mais discretos no cenário. Ou apresentarem cores e formatos mais chamativos e sofisticados, para criar um ponto focal interessante no cômodo.

2. Racks elevados

Uma forte tendência de decoração na contemporaneidade é o resgate de estilos do passado, em parte para dar aquele toque de personalidade que tanto as pessoas apreciam. 

E uma das épocas que mais tem voltado à lembrança da moda nos últimos anos é a fase dos anos 60 a 80, representada por elementos atuais, mas fabricados com design que lembra o passado. Nessa linha, os racks retrô estão em alta no mercado, sobretudo com pés elevados, tipo 'palito'.

3. Racks de metal

(Viva Decora/Divulgação)

Aliás, falando em racks elevados, os racks em madeira natural e com pés metálicos também têm feito parte de muitas decorações atuais, incluindo aquelas em estilo inspirado no período moderno. 

O metal é cada vez mais utilizado na produção de móveis. Nas feiras de artigos para casa de 2022, arames e barras de vergalhões são vistos em estruturas de estantes, nichos suspensos e também racks. E os mesmos podem ser usados em decorações como de estilo industrial.

4. Racks com gavetões e portas deslizantes

(Viva Decora/Divulgação)

Claro que todos os racks que citamos antes são extremamente bonitos, atraentes e até surpreendentes dentro das decorações. 

Agora, na maioria dos casos, o que se precisa é mais funcionalidade. Nesse caso, os racks com subdivisões bem projetadas para abrigar vários pertences é a melhor opção - gavetões para colocar periódicos, cabos de rede e antigos CDs; além de nichos e portas deslizantes onde ficam bem protegidos equipamentos de suporte de mídia.

Vale fazer um adentro nesta questão. As portas de correr dos racks podem ser feitas de vidro fumê translúcido ou ganhar um revestimento de camada de espelho, fazendo o móvel parecer mais sofisticado. 

Mas os modelos que estão mais fazendo a cabeça de projetistas e clientes neste momento são os racks com portas de correr ripadas, com ventilação para manter o bom funcionamento dos aparelhos ocultos em seu interior.

5. Racks com materiais alternativos e em design fora do padrão

(Viva Decora/Divulgação)

Para finalizar, precisamos comentar que, em decoração de interiores, não existem limites para a criatividade. Alguns designers e arquitetos conseguem, em suas mentes geniais, desconstruir a forma padrão dos elementos e propor soluções ainda mais ousadas para as decorações residenciais. 

Assim surgiram os racks feitos de concreto, de pallets e também aqueles montados com blocos ou tijolos intercalados com tábuas de madeira, num visual cool, jovial despojado e ainda mais moderno.

Qual desses modelos combina mais combina com você com a decoração de sua casa? Faça a sua escolha e de uma renovada em sua decoração?

Essas dicas de decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

Por AFPPublicado em 12/05/2022 16:53 | Última atualização em 12/05/2022 16:53Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Um carro elétrico modificado com uma célula de combustível alimentada por biomassa e hidrogênio quintuplicou a autonomia de fábrica e bateu um recorde mundial superior a 2.000 quilômetros, constatou um jornalista da AFP. 

Um Renault Zoé - veículo totalmente elétrico com autonomia de quase 400km -, modificado pela ARM Engineering, completou um trajeto de 2.055,68 quilômetros à meia-noite de quarta-feira.

Para cobrir esta distância, utilizou uma carga completa de sua bateria e um tanque com 200 litros de G-H3 - um biocombustível produzido a partir de esterco e hidrogênio -, que alimentam uma célula de combustível e geram eletricidade.

O processo, idealizado pela empresa do sudoeste francês, permite utilizar o G-H3 para reformar o hidrogênio "e criar, assim, eletricidade para alimentar a bateria", segundo Marc Lambec, seu presidente.

Cinco pilotos se revezaram no volante do protótipo no circuito de Albi durante três dias, das 07h à meia-noite, para bater o recorde de distância de 1.360 km que pertencia a um Toyota Mirai nos Estados Unidos.

O mecanismo também é adaptável para um vepiculo com motor de combustão interna. "É um veículo térmico, o dispositivo permite reduzir em 80% as emissões de CO2 e suprimir as partículas finas", afirma Marc Lambec, de 39 anos.

Lambec estimou ser necessário meio litro de G-H3 para produzir um kWh de eletricidade.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Veja Também

Corretores de imóveis apostam no TikTok para atrair clientes
Revista Exame
Há uma semana • 8 min de leitura

Corretores de imóveis apostam no TikTok para atrair clientes

Especulômetro EXAME-Loft aponta redução de preço de imóveis em São Paulo
Mercado imobiliário
Há uma semana • 3 min de leitura

Especulômetro EXAME-Loft aponta redução de preço de imóveis em São Paulo

Banco Inter leiloa imóveis que podem ser financiados em 240 parcelas
Mercado imobiliário
Há uma semana • 2 min de leitura

Banco Inter leiloa imóveis que podem ser financiados em 240 parcelas