O dilema das redes: como aprender inglês com o documentário da Netflix

Estudando sozinho ou junto com um professor, é possível exercitar seu inglês com o polêmico documentário da Netflix
 (Netflix/Divulgação)
(Netflix/Divulgação)
Por Rose Souza, fundadora e sócia-diretora da Companhia de IdiomasPublicado em 11/11/2020 12:00 | Última atualização em 09/11/2020 14:38Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Se você ainda não assistiu , é possível que ao menos tenha ouvido falar do documentário dramatizado da Netflix “The Social Dilemma”, ou “O Dilema das Redes Sociais”.

Como este é um tema que deve interessar a todos nós, vamos aproveitar algumas frases sobre o documentário, e também algumas reflexões tiradas do próprio (sem spoilers), pra que você converse em seu curso de inglês com seu professor ou, se você estuda sozinho, com seus colegas de prática.

Você também pode escrever sua opinião em inglês e enviar para minha correção gratuita pelo email rose@companhiadeidiomas.com.br , ou por DM no Instagram @rosefsouza_.

E se quiser praticar inglês sobre temas interessantes, a Companhia de Idiomas está dando um mês de cortesia para o "Bate-Papo com Café" para os 3 primeiros leitores da Exame.com que entrarem em contato. Saiba mais aqui.

Agora leia os trechos abaixo, e escolha a opção correta. Confira as respostas e aproveite os temas para pensar, conversar e escrever em inglês!

1. This documentary-drama hybrid explores the dangerous/danger human impact of social networking, with tech experts sounding the alarm on their own creature/creations.

2. If we can’t address our broken information ecossystem/ecosystem, we’ll never be able to address the challenges that plague/plagues humanity.

3. Never before have a handful/handfull of tech designers had such control over/at the way billions of us think, act, and live our lives/lifes.

4. Any sufficientlly/sufficiently advanced technology is indistinguishable of/from magic

5. There is/are only two industries that call their customers users: illegal/ilegal drugs and softwares

6. Fake news on/in Twitter spreads 6 times more fast/faster than true news

7. The technology that connects/connect us… also manipulates us, polarizes/polarise us, distracts us, monetizes us, divides us, controls us

8. “Nothing vast enter/enters the life of mortals without a curse”. Sophocles

ANSWERS:
1. This documentary-drama hybrid explores the dangerous human impact of social networking, with tech experts sounding the alarm on their own creations.

2. If we can’t address our broken information ecosystem, we’ll never be able to address the challenges that plague humanity.

3. Never before have a handful of tech designers had such control over the way billions of us think, act, and live our lives.

4. Any sufficiently advanced technology is undistinguishable from magic

5. There are only two industries that call their customers users: illegal drugs and softwares

6. Fake news on Twitter spreads 6 times faster than true news

7. The technology that connects us… also manipulates us, polarizes us, distracts us, monetizes us, divides us, controls us

8. “Nothing vast enters the life of mortals without a curse”. Sophocles

Watch the official trailer:

SOURCES:
https://www.thesocialdilemma.com/the-dilemma
https://dictionary.cambridge.org

Rosangela Souza (ou Rose Souza) é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas, coautora do Guia para Programas de Idiomas em Empresas e também sócia da Pousada Pé da Mata - Maresias, onde vive. Graduada em Letras/Tradução/Interpretação pela Unibero, Especialista em Gestão Empresarial, MBA pela FGV e PÓSMBA pela FIA/FEA/USP, além de cursos livres de Business English nos EUA. Ex-professora na Pós Graduação ADM da FGV. Colunista dos portais Catho, Vagas, AboutMe e Exame.com. Quer falar com ela? rose@companhiadeidiomas.com.br ou pelo Skype rose.f.souza