Carreira

Empresa dará 100 bolsas para formar desenvolvedores Salesforce em 2 meses

A empresa planeja efetivar 30 dos profissionais, com direito a trabalho remoto e progressão de carreira que pode levar a salário de até 12 mil reais

Programming code abstract technology background of software developer and  Computer script (monsitj/Thinkstock)

Programming code abstract technology background of software developer and Computer script (monsitj/Thinkstock)

Luísa Granato

Luísa Granato

Publicado em 2 de fevereiro de 2020 às 06h00.

Última atualização em 2 de fevereiro de 2020 às 07h00.

São Paulo - A SysMap Solutions, empresa brasileira de serviços de Tecnologia da Informação, vai oferecer 100 bolsas de estudo integrais para curso online de Desenvolvedor Salesforce, uma das profissões destacadas como emergentes em 2020 pelo LinkedIn.

Salesforce é uma das plataformas de gestão de clientes (CRM) que mais cresce no mundo e, segundo pesquisa do IDC (International Data Corporation), 4,2 milhões de empregos serão gerados mundialmente até 2022 para trabalhar com o sistema.

Em dois meses, o curso irá formar a mão de obra mais requisitada para o uso dessa tecnologia: desenvolvedores. E os 30 melhores alunos terão oportunidade de contratação remota e imediata pela SysMap.

As vagas serão CLT, com diversos benefícios, ajuda no custo de equipamentos e progressão de carreira para salário de até R$ 12 mil.

Segundo Guilherme Cavalieri, diretor acadêmico do IGTI, instituto de ensino à distância parceiro do SysMap Solutions para criar a iniciativa, o desenvolvedor Salesforce é responsável por inserir as regras de negócios das empresas dentro da plataforma, adaptando as soluções que a tecnologia oferece para as demandas específicas dos clientes.

Para se candidatar, é necessário ter 18 anos ou mais, noções básicas de programação e leitura básica em inglês. Como o curso é online, as inscrições estão abertas para interessados de qualquer lugar do país até o dia 12 de fevereiro pelo site.

“O profissional deverá passar por sete grandes desafios práticos, que vai encarar com o apoio de conteúdos, aulas ao vivo e suporte remoto dos instrutores do programa. Com aulas intensivas e uma abordagem prática, o curso demandará dos participantes uma dedicação de até 4 horas por dia”, explica o diretor.

Também serão oferecidos vouchers para que os selecionados façam os exames de certificação da Salesforce sem nenhum custo.

Acompanhe tudo sobre:Bolsas de estudoProgramadoresSalesforce

Mais de Carreira

Gráfico da felicidade mostra pico aos 30 e aos 70 anos; entenda

7 profissões para quem gosta de vinho

Você se dá bem com seus amigos? Amizades são importantes para a longevidade, apontam estudos

Quer trabalhar com marketing digital, mas não sabe por onde começar? Aqui está o caminho

Mais na Exame