A Bayer está formando gente para ser camaleão

Participantes de novo programa de formação de líderes da multinacional Bayer CropScience têm contato direto com diretor de operações da empresa
Abdalah Neto e Caio Tosta, primeiros participantes do programa de formação de líderes da multinacional alemã Bayer CropScience
 (Marcelo Spatafora / VOCÊ S/A)
Abdalah Neto e Caio Tosta, primeiros participantes do programa de formação de líderes da multinacional alemã Bayer CropScience (Marcelo Spatafora / VOCÊ S/A)
D
Da RedaçãoPublicado em 15/07/2013 às 18:17.

São Paulo - Dois funcionários da Bayer CropScience, empresa de defensivos agrícolas, fazem há três meses reuniões semanais de no mínimo 1 hora com o diretor de operações da empresa, Gerhard Bohne. Abdalah Neto e Caio Tosta, ambos de 26 anos, são os primeiros participantes de um novo programa de formação de líderes da multinacional alemã. 

O projeto, já realizado na matriz, tem como objetivo preparar profissionais para assumir cargos de gestão em qualquer operação da empresa. “Estamos sendo formados para ser como um camaleão”, diz Caio Tosta.

Por isso, a aproximação com Gerhard, executivo com experiência no grupo e passagem pela matriz. A dupla está desenvolvendo um projeto para o negócio e fará um MBA na etapa final do programa, que terá etapa de dois anos no exterior. “Estamos sendo preparados para ampliarmos nossa perspectiva”, afirma Abdalah.