Com inflação em alta, trabalhador brasileiro escolhe restaurante com café grátis para almoçar

Segundo pesquisa da Sodexo, 72,82% dos brasileiros passaram a escolher estabelecimentos que oferecem a bebida gratuitamente após a refeição para driblar a alta dos preços
 (Getty Images/Reprodução)
(Getty Images/Reprodução)
L
Luciana Lima

Publicado em 22/09/2022 às 07:30.

Última atualização em 22/09/2022 às 08:16.

O cafezinho depois do almoço é uma tradição — e estratégia de produtividade — para muita gente. Mas, com a inflação em alta esse hábito tem pesado no bolso do trabalhador brasileiro. 

VEJA TAMBÉM:

Atualmente, realizar uma refeição completa fora de casa não sai por menos de R$ 40,64, em média. Sendo que o cafezinho representa 10,68% do total.

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Benefícios ao Trabalhador (ABBT), uma refeição completa considera prato principal, sobremesa, bebida e café. 

Diante disso, 72,82% dos brasileiros passaram a escolher estabelecimentos que oferecem café grátis após a refeição para driblar a alta dos preços. Pelo menos é isso que aponta uma pesquisa da Sodexo, empresa de benefícios, que ouviu 3.296 brasileiros entre os dias 13 e 15 de julho.

Segundo o levantamento, uma minoria prefere ir a alguma cafeteria e pagar pelo café (22%). Já outras pessoas escolhem um restaurante que oferece a bebida paga após a refeição (5,19%).

Café é fator de produtividade

Segundo a pesquisa, 45% dos trabalhadores afirmam sentir muita necessidade de tomar café após o almoço; 32,92% sentem pouca necessidade e 21,72% não gostam da bebida.

Neste recorte, quando questionados se mesmo aumentando o valor da refeição estariam dispostos a pagar pelo café, 61,41% disseram não optar pelo café ao comprometer o saldo do vale-refeição.

No entanto, 38,59% disseram que mesmo aumentando o valor da refeição estão dispostos a pagar pela bebida.

Com o aumento dos preços, entre 2020 até agora, o vale-refeição passou a durar menos tempo caindo de 18 dias para apenas 13 dias.

"Esse é um dos motivos que levaram os brasileiros a selecionarem a opção do restaurante com café grátis, como estratégia para fazer o valor do benefício render até o final do mês e ao mesmo tempo não ter que abrir mão dessa bebida considerada paixão nacional", diz Antonio Alberto Aguiar (Tombé), diretor executivo de estabelecimentos da Sodexo Benefícios e Incentivos.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.