Um conteúdo Bússola

You,inc aposta no digital e quer chegar a R$ 1,2 bilhão de VGV em 2021

Busca por apartamentos mais compactos em áreas estratégicas de São Paulo beneficiou companhia, líder no segmento
Lançamento da You,inc em Pinheiros. (Bússola/Reprodução)
Lançamento da You,inc em Pinheiros. (Bússola/Reprodução)
Por BússolaPublicado em 28/06/2021 20:28 | Última atualização em 28/06/2021 20:28Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Por Bússola

No mercado imobiliário duas tendências ganharam força no último ano: a saída dos grandes centros urbanos em busca de uma vida mais tranquila com a instituição do home office pelas grandes empresas e a busca por apartamentos mais compactos em áreas estratégicas de cidades como São Paulo. O movimento beneficiou incorporadoras como a You,inc, líder no segmento, que tem a expectativa de chegar, até o fim de 2021, a R$ 1,2 bilhão de valor geral de venda (VGV), índice que fornece uma estimativa do potencial de lucro de um empreendimento.

Recentemente, a incorporadora lançou seu segundo empreendimento do ano no coração do bairro de Pinheiros, em São Paulo, conhecido por oferecer um mix entre serviços, comércios, cultura e lazer, além de estar próximo das principais áreas empresariais da cidade. Chamado de Pinheiros HY by you,inc, o lançamento é um projeto de torre única com 219 unidades entre studios (26 m² a 30 m²) e apartamentos de um dormitório (de 33 m² a 34 m²). Com vendas digitais e visitas no stand, teve 80% de unidades vendidas nas primeiras 48 horas.

O empreendimento faz parte dos três lançamentos divulgados pela companhia no primeiro semestre, com VGV total de R$ 340 milhões. "A You,inc abre seu pipeline de lançamentos com projetos inovadores em 2021. A expectativa é lançar R$ 1,2 bilhão de VGV até o final do ano” diz Tatiana Muszkat, diretora Institucional da You,inc.

Treinamento

A aceleração de tendências como a digitalização até mesmo para quem busca comprar um imóvel, incentivou a You,Inc a investir na capacitação de sua equipe para realizar vendas digitais. Antes da pandemia, 74% das vendas eram offline e 26% das vendas online. Após treinamento que incluiu webinars, reforço dos canais digitais com ações de marketing e campanhas de incentivo para engajar o maior número de corretores, a companhia reverteu os indicadores do mês de junho para 42% de vendas online e 58% de vendas offline.

“Temos orgulho de contar que nosso primeiro contrato digital foi assinado no início de março de 2020, em uma plataforma implementada no final de 2019. Capacitamos 100% da nossa força de vendas para atender de forma online e presencial, e os números já refletem isso. Somos capazes de continuar operando mesmo que os stands voltem a fechar”, afirma Tatiana.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube