A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Varejo dobra vendas no dia das Mães em relação a 2020

Confira novidades e informações exclusivas sobre economia e negócios na coluna semanal de notas da Bússola

Por Márcio de Freitas*

O Dia das Mães dobrou as vendas no varejo em comparação a 2020, segundo levantamento da Dito, empresa de CRM para o mercado omnichannel. No total, foram 3,7 milhões de compras realizadas, mais que o dobro das 1,5 milhão de aquisições do mesmo período do ano passado. Essa movimentação gerou R$ 2,5 bilhões em receita, contra R$ 668 milhões do ano anterior. Dos compradores, 48,60% já tinham contato com a marca, um pouco abaixo dos 50,35% do penúltimo Dia das Mães. O levantamento foi realizado entre 8 de abril e 8 de maio de 2021, com 140 marcas dos segmentos de vestuário, calçados, acessórios, jóias, eletrodomésticos e eletroeletrônicos, alimentos, beleza, flores e presentes.

Evasão tributária

Os resultados de estudo conduzido pelo CADEP (Centro de Análise e Difusão da Economia Paraguaia) esquentou o debate político do Paraguai. O levantamento apontou que o país produziu seis vezes mais cigarros que as vendas registradas entre 2008 e 2019 e sete vezes mais que o consumo local. O abismo entre a oferta estimada e as vendas declaradas apontam para a possibilidade de evasão tributária gigantesca no Paraguai, entre US$ 380 e US$ 400 milhões no setor.

Fumantes

 (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Fumaça de contrabando

O estudo mostra que a ilegalidade relacionada ao cigarro paraguaio começa antes mesmo de cruzar a fronteira. Segundo o CADEP, a diferença entre a oferta e o consumo doméstico indica que a produção está voltada ao tráfico de cigarros, especialmente ao Brasil. Entre 2008 e 2019, a produção paraguaia manteve média anual de 2,7 bilhões de carteiras de cigarros, mas apenas 199,4 milhões foram consumidas no mercado interno. Logo, em média, 2,6 bilhões de carteiras – ou 54,7 bilhões de cigarros – tiveram outro destino.

Ilegal na liderança

Segundo o Ibope Inteligência, 468 bilhões de cigarros foram comercializados ilegalmente no Brasil, entre 2009 e 2019. Destes, aproximadamente 90% – 420 bilhões – têm origem paraguaia. A última pesquisa Ibope, realizada em 2019, apontou que 57% dos cigarros consumidos no Brasil têm origem ilegal.

Novidades na digio

O digio recebe três novos executivos para integrar o seu time de tecnologia: Alex Costa (ferente de Client Centric & Run the Bank), Caio Nascimento (head de Data Science) e Heverson Amorim (gerente executivo de Engenharia de TI). O desafio deles é potencializar os recursos de informação da bantech, agregando na experiência dos clientes, tanto na qualidade, quanto na personalização dos serviços entregues.

Pão que alimenta

O programa Desafio do Bem, do GPA, arrecadou mais de mil toneladas de alimentos em apenas um mês de atividade. O montante é equivalente a mais de 50 carretas cheias, e será distribuído às 350 instituições sociais parceiras do Instituto GPA, responsável pela iniciativa. Ao todo, cerca de 120 mil famílias em vulnerabilidade social serão alcançadas. Todas as doações são realizadas por meio de instituições sociais parceiras do Instituto GPA, como por exemplo, a CUFA (Central Única das Favelas), UNEafro Brasil, Redes da Maré, Rotary, Instituto SOS Gente, entre outras. As contribuições podem ser realizadas nos pontos de coleta instalados em todas as lojas Pão de Açúcar, Extra e Comprebem do país, além dos apps Pão de Açúcar Mais, Clube Extra e Stix.

Comgas

 (Comgas/Divulgação)

Apoio ao comércio

Até o final de junho, a Comgás terá condições especiais para clientes comerciais que desejem quitar suas dívidas de gás natural encanado. As contas atrasadas podem ser parceladas em até seis vezes sem juros, na própria fatura, pelo site. Além disso, a companhia ainda apoia as linhas de crédito emergencial do Desenvolve SP e Banco do Povo, que oferecem financiamento com opções diferenciadas, sem avalista e totalmente online, nos sites das instituições.

Telemedicina em alta

A telemedicina vem se consolidando como alternativa segura para cuidar da saúde durante a pandemia. Na SulAmérica, a Orientação Médica Telefônica (OMT) e o Saúde na Tela, plataforma de atendimento médico virtual com mais de 50 especialidades, registraram 309 mil consultas no primeiro trimestre de 2021. Crescimento de 1.138% em relação ao mesmo período do ano passado. Apenas em março de 2021, um mês de elevados índices de casos da covid-19 no país, foram 141 mil atendimentos, 679% a mais em comparação ao mesmo mês de 2020. O serviço tem alto nível de resolutividade, sendo que 90% dos casos não exigem atendimento presencial posterior.

Electrolux consciente

A Electrolux reforça seu comprometimento em incentivar comportamentos de impacto positivo e apresenta nova campanha para estimular o consumo consciente. Em #NãoJogaForaNoLixo, o clássico hit dos anos 80 "Joga Fora", ganha versão inédita na voz da cantora Negra Li. A marca, que tem o propósito de transformar a vida das pessoas para melhor, manifesta no remake uma poderosa reflexão em torno da sustentabilidade – narrativa presente no DNA da Electrolux e que vem pautando diversas de suas iniciativas.

Corta-fogo

O Governo do Estado de São Paulo vai investir mais de R$ 7 milhões para prevenir e combater os incêndios por meio da Operação Corta-Fogo 2021. O valor vem da Câmara de Compensação – que vem de contrapartidas ambientais e que deve ser investido em áreas de conservação. O valor será utilizado para contratação de bombeiros civis, compras de equipamentos de segurança e locação de máquinas e veículos que auxiliem os trabalhos de combate às queimadas na vegetação paulista. Os meses de junho a outubro são os períodos mais secos do ano e registram um aumento significativo de incêndios florestais em todo o estado.

Círio solar

Ponto de chegada da maior procissão católica do Brasil, o Círio de Nazaré, a Basílica de Nazaré terá parte de sua energia abastecida por painéis solares. A Equatorial Energia entregou o projeto que atenderá um dos pontos turísticos da capital paraense, que é tombado pelo patrimônio histórico do Pará. A iniciativa faz parte do programa E+ Energia do Bem do Grupo Equatorial, que consiste em usar a tecnologia em favor da geração de mais economia de energia às instituições sociais e famílias consideradas de baixa renda nas suas áreas de atuação.

Protagonismo na crise

A Fundação Dom Cabral lança o Índice do Potencial Transformador para auxiliar as organizações e profissionais a refletirem sobre seu protagonismo e relevância diante do cenário atual, que acelerou a necessidade de transformação e resiliência. O acesso ao Índice é gratuito e aberto a todos. O questionário está disponível no site da FDC e o resultado é o diagnóstico com o índice, para que as organizações e profissionais entendam onde e como podem melhorar. Com base em melhores práticas mundiais, o questionário possui 21 perguntas de múltipla escolha e os critérios de avaliação incluem agilidade, liderança, estrutura, modelo de negócio e adaptabilidade.

Fora da LGPD

Embora a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) já esteja em vigor, cerca de 60% das empresas do mercado brasileiro ainda não atendem aos requisitos legais. É o que mostra a pesquisa realizada pela consultoria Alvarez & Marsal com 200 empresas de diferentes portes e segmentos. Os dados apontam que a maioria das organizações cumprem, no máximo, 40% das premissas da lei.

Atendimento pelo SUS em hospitais

 (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Ajuda ao SUS

O UniãoBR, movimento voluntário que surgiu durante a pandemia, lançou a campanha "Pacote do Bem", que tem o objetivo de arrecadar fundos que serão transformados em insumos a serem enviados para hospitais e para a rede de saúde de todo o Brasil. Até o momento R$ 6 milhões já foram doados por grandes empresas.

Qsaúde sem aumento

Qsaúde é a primeira operadora de planos de saúde do mercado a anunciar que não aplicará o reajuste anual autorizado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) em 2021. A tabela de preços também não será alterada, ou seja, serão mantidos os valores do lançamento, em outubro de 2020.

*Márcio de Freitas é analista político da FSB Comunicação

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter  |   Facebook   |  Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também