Bússola
Acompanhe:
Um conteúdo Bússola

No último dia em Davos, Tarcísio e Al Gore discutem energia limpa

Em seu último dia no Fórum Econômico Mundial, Tarcísio de Freitas falou sobre novas tecnologias, energias renováveis e possíveis parcerias para São Paulo

Agenda de ontem também teve encontro com presidente da Microsoft (Governo do Estado de São Paulo/Flickr)

Agenda de ontem também teve encontro com presidente da Microsoft (Governo do Estado de São Paulo/Flickr)

B
Bússola

20 de janeiro de 2023, 19h57

No último dia em Davos, ontem, o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, seguiu com os encontros marcados com representantes de governos, investidores e empresas privadas. Também se encontrou com o ambientalista, Prêmio Nobel da Paz e ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore.

A primeira reunião de ontem foi com o presidente da Microsoft para a América Latina, Rodrigo Kede. Eles conversaram sobre novas tecnologias para serviços públicos como telemedicina e educação, buscando melhorias para a vida do cidadão.

Em seguida, o governador se encontrou com Francesco Estarace, CEO da Enel, que conheceu o portfólio de projetos para o estado. “Vamos nos falar futuramente para recebê-lo em São Paulo e apresentarmos com mais detalhes os projetos na área de energias renováveis, redes inteligentes de distribuição de energia, os chamados smart grids, e a possibilidade de expansão dessas experiências para o nosso estado”, diz Tarcísio.

Além da Enel, o governador esteve com Ana Paula Marques, membro do conselho de administração executivo da EDP (Energias de Portugal AS). Nos últimos anos, a companhia injetou R$ 2,5 bilhões no estado de São Paulo e Tarcísio aproveitou o encontro para ouvir sobre os futuros investimentos e projetos em andamento da EDP.

Ainda durante a manhã, o governador encontrou com Veronica Scotti, presidente da Swiss Re. A maior companhia de seguros e resseguros do mundo é investidora em infraestrutura e sinalizou interesse nos instrumentos de finanças verdes que constam no plano de governo de São Paulo.

Tarcísio de Freitas também se reuniu com Kevin Ali, CEO da Organon. A empresa global de saúde possui fábrica em Campinas e é líder no desenvolvimento de medicamentos para mulheres. “Agendamos um encontro em abril, em São Paulo, para discutirmos pessoalmente possíveis parcerias envolvendo a nossa recém-criada Secretaria de Políticas para a Mulher”, declara o governador.

A última reunião do governador Tarcísio de Freitas em Davos foi com Al Gore, Prêmio Nobel da Paz, ambientalista e ex-vice-presidente dos Estados Unidos. Ambos conversaram sobre as mudanças climáticas, o governador disse que está ciente da responsabilidade do governo acerca do tema e, por isso, está trabalhando para transformar São Paulo em referência de estado com as melhores práticas sustentáveis.

Tarcísio apresentou para Gore três medidas que estão na pauta do governo e que são relevantes para a agenda climática: 1) criação de green bonds (títulos verdes) para captação de recursos do mercado privado com o objetivo de investir em preservação ambiental; 2) absorção de expertise de organizações internacionais para que a atenção às mudanças climáticas seja transversal em todos os projetos do estado; e 3) estruturação de um órgão fiscalizador do cumprimento dessas ações transversais.

Ao final, Tarcísio convidou Al Gore para visitá-lo em São Paulo e apresentar mais detalhadamente os dados e projetos que o Estado pretende concretizar. O governador esteve também com Selina Jackson, vice-presidente da P&G, Jennifer Morgan, secretária de Estado e enviada especial para ação climática do governo da Alemanha e Donald Tang, vice-presidente da Shein.

Esta foi a primeira missão internacional de Tarcísio de Freitas à frente do governo do estado de São Paulo. O governador viajou acompanhado do secretário de Negócios Internacionais Lucas Ferraz, de Arthur Lima, secretário-chefe da Casa Civil, e de Lais Vita, secretária de Comunicação.

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Márcio de Freitas: O atentado acéfalo de 8 de janeiro

Tarcísio se reúne com possíveis investidores e prefeito da City em Davos

Rodrigo Tortoriello: O transporte público para além da tarifa zero