Inova e ação: O que é transformação digital, mesmo?

O que adianta ter tecnologias de ponta, quando os processos internos são retrógrados? É preciso repensar o conceito

Por Hugo Tadeu*

Existe um entendimento no mercado que relaciona a transformação digital ao contexto das rupturas tecnológicas e às grandes transformações econômicas. Um dos termos favoritos dos executivos é a singularidade, que remete à bonança das novas tecnologias e favorece o crescimento das empresas.

No entanto, recomendo um pouso forçado para este assunto, em especial no contexto brasileiro. Muitas organizações demandam uma agenda intensiva relacionada à melhoria de processos internos e a um real entendimento de seus clientes. Ou seja, ter a casa bem organizada é um ótimo ponto de partida para a dita transformação digital. Mas do que adianta ter tecnologias de ponta, quando os processos internos são retrógrados?

Outro aspecto importante é entender sobre a estrutura organizacional atual e as mudanças necessárias para a transformação digital. Isto é, a sua organização tem times de tecnologia alinhados ao negócio? Da mesma forma, existem equipes centradas nas análises das demandas de mercado? Finalmente, qual é a sua capacidade para organizar, tratar dados e de tomar decisões?

Se as perguntas acima ainda forem tabus, pense bem se o momento atual é propício para buscar qualquer contexto vinculado ao universo digital. Sempre existem oportunidades para a obtenção de ganhos de produtividade, maior eficiência e consequente desempenho superior de mercado. Com esta tarefa bem realizada, estruture uma boa governança digital e conquiste novos horizontes de mercado.

Do contrário, o risco pode ser alto, com uma grande possibilidade de resultado abaixo do esperado e de um real desperdício de tempo. Pense nisso, pois ao contrário do discurso singular e do crescimento infinito, todo recurso tem limite.

*Hugo Tadeu é professor e pesquisador da Fundação Dom Cabral

 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também