Bússola

Um conteúdo Bússola

Com integração da gestão, startup quer revolucionar setor de restaurantes

A Zak oferece ferramentas para gestão em uma única plataforma, integrando todos os setores do restaurante

Atualmente, a Zak está presente em mais de 300 restaurantes na cidade de São Paulo (Paulo Vitale/Divulgação)

Atualmente, a Zak está presente em mais de 300 restaurantes na cidade de São Paulo (Paulo Vitale/Divulgação)

B

Bússola

Publicado em 13 de fevereiro de 2022 às 09h59.

A pandemia mostrou o valor da digitalização, principalmente para o setor de restaurantes, que precisou apostar no delivery. Assim, a Zak, startup que atua como uma Vertical SaaS, oferece todas as ferramentas necessárias para a gestão em uma única plataforma, integrando todos os setores do restaurante.

Os serviços da startup facilitam integram registros de pedido de salão e vendas online, até o back-office e pagamentos, além de integração com agregadores — como aplicativos de delivery, por exemplo. A Zak fornece ainda serviços financeiros, levando um diferencial competitivo ainda maior para seus clientes.

“Restaurantes exigem uma operação extremamente complexa e é preciso pensar em soluções que tragam mais receita e tornem o dia a dia mais eficiente, enquanto entregam uma experiência incrível aos consumidores”, afirma Andrés Andrade, cofundador e co-CEO da ZAK.

Para empoderar os restaurantes, a Zak utiliza as mais recentes tecnologias de nuvem para operar sua infraestrutura online e com um diferencial de sistema híbrido, onde um servidor local gerencia a operação do restaurante em tempo real, sincronizado com a nuvem.

Isso permite que os estabelecimentos tenham velocidade e capacidade de resposta durante a operação do dia a dia, ao mesmo tempo em que é possível de evoluir e criar novos desenvolvimentos. Com todo o sistema integrado, os restaurantes podem direcionar parte de seus colaboradores para outras atividades, como atendimento mais especializado ao consumidor.

O grupo Ráscal é um dos clientes da empresa que conseguiu alavancar resultados tendo a Zak como parceira no controle de suas 20 operações — desde a experiência no salão do restaurante até os pedidos de delivery.

“A Zak me oferece o gerenciamento e consolidação dos dados do delivery e salão ao mesmo tempo e no mesmo lugar”, diz Daniel Allegro, Sócio Diretor do Grupo.”

A empresa foi construída por operadores para operadores — seus fundadores vivenciarem de perto a experiência de gerir um restaurante. Segundo David Grandes, cofundador e co-CEO da startup, a Zak facilita a gestão do restaurante e tem como missão empoderar e transformar a vida das pessoas por meio de uma tecnologia disruptiva e acessível.

Atualmente, a Zak está presente em mais de 300 restaurantes na cidade de São Paulo. A empresa também levantou, no fim de 2021, um investimento de R$ 80 milhões para expandir sua operação. A meta é estar presente em mil restaurantes, em dez cidades brasileiras até 2023.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

Acompanhe tudo sobre:DeliveryInovaçãoRestaurantesStartups

Mais de Bússola

Gestão Sustentável: sigla ESG pode ficar no passado, mas tese continua a pautar o futuro

Quer investir em startups? Confira essas 5 dicas para encontrar o segmento certo para você

O ‘pulo do gato’ que fez a A3Data crescer 2100% em 4 anos

Christiano de Figueiredo Moreira: a força dos galpões logísticos em 2024

Mais na Exame