Autor de ‘Os segredos da Disney’ fala sobre o processo de escrita do livro

Em entrevista à coluna Mercado Editorial, Dan Cockerell conta sobre como foi escrever o livro sobre seus aprendizados como executivo da companhia
 (Divulgação/Reprodução)
(Divulgação/Reprodução)
Por BússolaPublicado em 22/02/2022 18:37 | Última atualização em 22/02/2022 18:37Tempo de Leitura: 6 min de leitura

Por Juan Saavedra*

Dan Cockerell teve o emprego que muitos sonham. Trabalhou 26 anos na Walt Disney Company, chegando a ocupar sucessivamente a vice-presidência do Epcot Center, do Hollywood Studios e do Magic Kingdom. Ao encerrar sua carreira na gigante de entretenimento, ainda em 2018, percebeu que precisava organizar seus pensamentos antes de embarcar na nova vida como consultor.

“O livro foi mais para eu entender como falaria sobre minha história quando comecei o novo negócio. Tendo conversado com muitos empreendedores e empresários, ficou claro que eu aumentaria minha credibilidade se pudesse demonstrar a capacidade de contar minha história”, conta Cockerell em entrevista exclusiva à coluna Mercado Editorial.

Foi assim que surgiu “Os segredos da Disney para encantar e fidelizar seus clientes”, lançado em 2020 nos Estados Unidos, com versão traduzida no Brasil pela Buzz em 2021.

Para promover o livro, a editora trouxe o autor ao Brasil em fevereiro. Cockerell não perdeu a viagem e aproveitou para cumprir uma agenda de palestras — é uma atividade que conhece bem depois de 18 anos como conferencista do Disney Institute falando para executivos de companhias como GM e United Airlines.

Nesses programas de liderança, ele é pago para inspirar — afinal, ele começou na trajetória na Disney como um animado atendente em um estacionamento.

“No Brasil, conversei com um jovem líder que havia lido meu livro e me mostrou seu guia de valores pessoais que ele havia criado, usando o modelo do meu livro. Isso foi extremamente gratificante — ver que posso usar minha experiência e conhecimento para ajudar um líder mais jovem a ter sucesso”, explica o consultor.

Apesar dos convites mundo afora, Cockerell diz que a próxima grande aposta da família é uma iniciativa de sua esposa Valerie, que pretende mostrar às mulheres como suas habilidades como mãe podem servir como um ponto de partida para a liderança nos negócios.

“Acho que ela vai vender muito mais livros do que eu”, exclama.

Leia os principais trechos da entrevista por e-mail.

Bússola: Você se lembra do dia em que decidiu transformar sua experiência na Disney em um livro?

Dan Cockerell: O dia em que decidi deixar a Disney foi o dia em que percebi que precisava organizar meus pensamentos sobre o que sabia sobre negócios e liderança. O livro foi a solução para essa necessidade. Então, comecei a ligar para autores e ler sobre como escrever um livro. Agora tenho uma ideia de como se faz.

Bússola: A produção do livro surgiu por iniciativa própria ou por convite de uma editora?

Dan Cockerell: Quando comecei a escrever o livro, não tinha editora. O livro foi mais para eu entender como falaria sobre minha história quando comecei o novo negócio [de consultoria]. Havendo conversado com muitos empreendedores e empresários, ficou claro que eu aumentaria minha credibilidade se pudesse demonstrar a capacidade de contar minha história. Alguém apontou que a palavra “autoridade” tem a palavra “autor” nela. Depois de escrever um livro, a percepção de sua autoridade sobre um assunto aumenta.

Bússola: São 26 anos de experiência e muito a ser compartilhado. Qual foi o seu método para separar o que você considerava essencial do que poderia ser descartado? E quais foram os maiores desafios nesse processo?

Dan Cockerell: A editora foi rápida em me dizer que eu não era a primeira pessoa a escrever um livro sobre liderança. Então, ela disse: é melhor que haja grandes histórias. Então, pensei em como me organizaria pessoal e profissionalmente. Isso incluía liderar a mim mesmo, primeiramente, liderar minha equipe, liderar minha organização e depois liderar a mudança. Conto muitas histórias sobre cada uma dessas áreas, meus sucessos e fracassos.

Bússola: O livro foi produzido durante a pandemia? Como foi seu processo de escrita? Qual foi o seu método para focar?

Dan Cockerell: Escrevi meu livro antes da pandemia e saiu em agosto de 2020, seis meses depois da crise. Há muitas coisas que eu teria mudado no processo de escrita do livro. Eu teria construído uma estrutura muito mais clara antes de começar. Minha abordagem era fazer um brainstorming de tópicos e depois começar a digitar. Isso funciona bem, mas é preciso muita edição depois.

Minha esposa leu o rascunho e comentou que eu havia contado a mesma história três vezes! O outro conselho que recebi foi do meu pai. Ele disse que a melhor maneira de escrever um livro é levantar todas as manhãs e escrever para o livro.

Fiz isso todas as manhãs, das 5h30 às 7h. Eu me forcei a sentar na frente do meu laptop e apenas escrever. Alguns dias eu escrevia o título do próximo capítulo, outros dias eu escrevia três mil palavras. A chave era ser disciplinado para dedicar tempo todos os dias, não importasse o que eu escrevesse.

Bússola: Como os leitores reagiram ao livro?

Dan Cockerell: Recebi um feedback muito bom sobre o livro, especialmente, por incluir exemplos concretos que os leitores podem usar para implementar em suas próprias vidas para fazer melhorias. O livro foi traduzido para chinês, coreano, espanhol, português e vietnamita. Tenho a sorte de ter trabalhado para uma marca como a Disney que tantos estão interessados. Também recebi ótimos comentários ao falar sobre minhas deficiências e fracassos durante minha carreira. Nem sempre foi um mar de rosas.

Bússola: Você leu o livro de Robert Iger, CEO da Disney por mais de 15 anos? O que achou?

Dan Cockerell: Li “Ride of a Lifetime” (“Onde os sonhos acontecem: meus 15 anos como CEO da The Walt Disney Company”, editora Intrínseca) e adorei. Bob é um líder muito original e com os pés no chão. Ele é capaz de ver a estratégia de longo prazo, mas também entende a importância dos relacionamentos pessoais. A Disney vai sentir falta dele!

Bússola: Depois de um livro de sucesso, poucos autores param de escrever. Já tem planos para o próximo? 

Dan Cockerell: Minha esposa Valerie é a próxima autora da nossa família. Ela está escrevendo um livro chamado “Gerenciar como uma Mãe”. Seu objetivo é mostrar às mulheres como suas incríveis habilidades de liderança na criação dos filhos podem se traduzir em liderança nos negócios. Acho que ela vai vender muito mais livros do que eu!

*Juan Saavedra é jornalista e consultor de comunicação na Loures

Este é um conteúdo da Bússola, parceria entre a FSB Comunicação e a Exame. O texto não reflete necessariamente a opinião da Exame.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Veja também