10 redes sociais para se observar em 2021

Signal, Vero, Twitch, Parler são algumas das plataformas que estão em constante ascensão e merecem a atenção não só para estratégia de conteúdo como para geração de conversas

Começamos o ano com o WhatsApp criando a obrigatoriedade do compartilhamento de dados dos usuários com o Facebook. Mesmo a nova política de privacidade tendo sido adiada pela plataforma, ao notar o aumento de downloads de concorrentes, acende-se a importante discussão sobre dados e sobre novas redes e plataformas no horizonte.

O próprio Elon Musk tuitou imediatamente após o anúncio da política: “Usem o Signal”. A questão é que o mundo das redes e plataformas sociais já não está há algum tempo preso no modelo tradicional de Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram, WhatsApp e TikTok.  E precisamos estar atentos a isso.

Abaixo uma lista de redes para que as marcas fiquem de olho em 2021. Plataformas em constante ascensão e que merecem a atenção não só para estratégia de conteúdo como para geração de conversas.

1 - Signal - Aplicativo de mensagens, de código aberto e sem anúncios, voltado para conversas individuais ou em grupo. Ficou mundialmente conhecido por ter sido o app utilizado por Snowden por ter criptografia de dados de ponta a ponta.

2 - Vero - O Vero é uma rede de conteúdo que não tem algoritmo, por isso o feed de postagens é apresentado cronologicamente, sem recolhimento de dados do usuário e sem anúncios.

3 - Telegram - Serviço de mensagens em nuvem. Muitos brasileiros já conhecem a plataforma, mas com as novas medidas do WhatsApp sua utilização tende a crescer muito.

4 - WeChat - Aplicativo chinês de troca de mensagens de texto e voz. Só na China possuí mais de 230 milhões de usuários e é usado como forma de pagamento. O app permite que usuários descubram e conversem com pessoas que estão por perto e agitem seus dispositivos ao mesmo tempo para que sejam redirecionados para um chat.

5 - Twitch - Plataforma de streaming, uma das maiores do mundo. No Brasil já tem mais de 10 milhões de visitantes únicos e 145 milhões de horas assistidas ao vivo por mês. É um fenômeno sem igual.

6- Hello - fundada pelo mesmo criador do Orkut, a Hello oferece um ambiente seguro e formação de comunidades de interesses comuns e geograficamente próximos. Apesar de fundada há algum tempo, a rede tende a aumentar sua capilaridade.

7 - Wattpad - Uma rede de histórias em mais de 50 idiomas. Uma plataforma de escritores amadores e profissionais que compartilham seus textos com o mundo. Tem crescido muito na comunidade brasileira.

8 - Reddit - A Reddit tem mais usuários que Twitter e LinkedIn em alguns países. A rede é baseada em um sistema de fóruns, votações e enquetes colocando temas e não pessoas no centro. Deve explodir no Brasil em breve.

9 - Parler - Apesar das suspensões da Apple, Google e Amazon, a Parler deve ser observada este ano, como uma rede que nasceu prometendo conteúdo com liberdade de expressão e tem atraído a extrema direita do mundo todo.

10 - MeWe - a MeWe se mostra como uma rede social sem propagandas, sem rastreio e segura. Apesar de ter uma interface parecida com o Facebook, autodenomina-se como anti Facebook.

Novos tempos. Novas redes. Novo engajamento. Preparados?

* Sócio-diretor de Estratégia da FSB Comunicação

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.