Thor Batista desabafa no Twitter: ‘Fiquei sem reação’

Filho de Eike Batista usou o microblog para dar a sua versão do acidente que causou a morte do ciclista Wanderson Pereira dos Santos no último sábado

Thor Batista resolveu falar. O filho do empresário Eike Batista usou o Twitter na noite desta segunda-feira para dar a sua versão do acidente que matou Wanderson Pereira dos Santos, de 30 anos.

No último sábado, por volta das 19h30, o jovem de 20 anos, filho de Eike com a ex-modelo Luma de Oliveira, dirigia um Mercedes Benz McLaren prata na Rodovia Washington Luiz, no Rio de Janeiro, quando atropelou Wanderson, que andava de bicicleta na pista.

Relato - No microblog, Thor contou que conduzia o veículo dentro do limite de velocidade e com todos os faróis ligados devido à falta de iluminação no trecho da rodovia. O jovem voltava de um almoço com amigos no distrito de Itaipava, na região serrana do Rio. O filho de Eike afirmou saber que bicicletas costumam cruzar a rodovia. “Estava consciente que frequentemente ciclistas atravessam a faixa dupla da autoestrada”, escreveu ele.

Segundo o relato de Thor, Wanderson apareceu no meio da pista "repentinamente". "Vinha na faixa esquerda com muito cuidado, sem ao menos dialogar com o meu carona. Repentinamente um ciclista atravessou do acostamento do lado direito até o meio da faixa da esquerda, onde trafegam veículos", contou.

A freada brusca do Mercedes Benz McLaren não foi suficiente para evitar o atropelamento. "A frenagem trouxe o carro de 100Km/h até 90 km/h, até o momento da colisão apenas, infelizmente", disse Thor. Após o choque, ele contou que levou o carro até o acostamento, a cerca de duzentos metros do local do atropelamento. "Estava com dores, com muito sangue no corpo, tremendo de nervosismo, traumatizado. Nunca tinha sofrido um acidente".

O jovem disse ainda que pediu a outros motoristas que chamassem uma ambulância enquanto ele era conduzido a um posto médico na estrada para tratar seus ferimentos. "Eu estava fisicamente, psicologicamente e emocionalmente incapacitado de prestar socorro ao Wanderson". Thor também descreveu como recebeu, naquela mesma noite, a notícia da morte do ciclista: "Fiquei sem reação".

Homicídio culposo - A Polícia Civil abriu investigação para apurar crime de homicídio culposo (sem intenção de matar) e as circunstâncias do acidente. Thor Batista deverá comparecer à delegacia nesta quarta-feira (21/03) para prestar depoimento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.