Schahin pediu para interromper sondas, diz Petrobras

A estatal afirma que a Schahin pediu para parar temporariamente 5 unidades de perfuração sob contrato

Rio de Janeiro – A Schahin, uma das companhias investigadas pela Operação Lava Jato, comunicou à Petrobras sobre a necessidade de parar temporariamente cinco unidades de perfuração sob contrato, afirmou a petroleira estatal nesta segunda-feira.

Em nota, a Petrobras disse que “está avaliando as medidas contratuais cabíveis”, e que as duas companhias estão planejando a paralisação das atividades de forma segura. 

*Mais informações em instantes

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.