Queda de barreira bloqueia Piaçaguera-Guarujá

Segundo a Ecovias, tráfego flui normalmente pela faixa da esquerda

São Paulo – Uma queda de barreira na rodovia Cônego Domenico Rangoni, mais conhecida como Piaçaguera-Guarujá, mantém bloqueada as faixas central e da direita no km 255. O tráfego flui normalmente pela faixa da esquerda. As informações são da Ecovias, responsável por todo o Sistema Anchieta-Imigrantes.

O tráfego segue tranquilo nas estradas de São Paulo com destino ao litoral Sul e Norte nesta manhã. No entanto, quem for pela rodovia Ancheita vai ter de seguir viagem em comboio a partir da praça do pedágio. A Ecovias implantou a operação por volta das 9h50 por causa da baixa visibilidade causada pela neblina.

Hoje, o sistema Anchieta-Imigrantes opera normal com cinco pistas com destino ao litoral e as outras cinco à capital. A expectativa da Ecovias é de que entre 320 e 495 mil veículos desçam à serra em direção à Baixada Santista durante o feriado prolongado de Natal.

O tráfego nas demais rodovias com acesso ao litoral paulista, Padre Manoel da Nóbrega, Tamoios, Mogi-Bertioga, Manoel Hyppolito Rego (Rio-Santos) e Oswaldo Cruz, que liga as cidades entre Taubaté que e Ubatuba, também segue tranquilo. O tempo está instável, sendo que há neblina em alguns trechos de serra.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.