PT estimula divisão do país por projeto de poder, diz Aécio

Aécio, que disputará em 26 de outubro o segundo turno com a presidente Dilma Rousseff, realizou hoje campanha em São Paulo

São Paulo - Aécio Neves (PSDB) afirmou nesta quarta-feira que o PT "quer dividir o país" e prometeu que caso vença aplicará uma gestão de valores "cristãos, de família e de honradez" na política brasileira.

Aécio, que disputará em 26 de outubro o segundo turno com a presidente Dilma Rousseff, realizou hoje campanha em São Paulo.

O candidato tucano pediu o voto dos moradores do estado de São Paulo, o maior colégio eleitoral do país, para "colocar fim ao governo cujo projeto de nação é dividir os brasileiros para sustentar seu projeto de poder".

E acrescentou que caso vença aplicará "valores cristãos, de família e honradez" na gestão pública.

Pouco antes, durante uma declaração a jornalistas, acusou Dilma de disseminar "mentiras e calúnias em uma estratégia desesperada de campanha", e disse, a modo de metáfora, que os brasileiros estão diante "o fundo do poço".

"Quando alguém quer sair de um poço, deve deixar de cavar. Então a primeira coisa que é preciso fazer é tirar o PT do poder", comentou.

No mesmo ato Aécio recebeu uma faixa presidencial por parte da Fundação Abrinq, e assinou um compromisso com a agenda a favor de crianças e adolescentes.

A equipe de campanha de Aécio negocia para poder organizar um ato para que Marina Silva (PSB) participe e declare pessoalmente seu apoio..

"Ainda não sabemos de que forma podemos fazer este encontro entre Aécio e Marina, mas imagino que será nas próximas horas", comentou à Agência Efe Beto Albuquerque, candidato à vice de Marina no primeiro turno.

O PSB rachou depois de a direção decidir apoiar Aécio, após fazer por 11 anos parte dos governos Lula (2003-2010) e Dilma (2010-2012).

Aécio recebeu em São Paulo um novo apoio a sua candidatura, de José Maria Emayel, do PSDC, que teve menos de 0,5% dos votos no primeiro turno.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.