Processo de impeachment ganha destaque na imprensa mundial

Nas páginas da BBC e da France 24, por exemplo, a notícia recebeu a chamada de "Breaking News"

Londres – A notícia de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff pelo Congresso brasileiro já ganha espaço na imprensa internacional.

Na página da emissora britânica “BBC”, a notícia recebeu a chamada de “Breaking News”. A rede de televisão explica que as manobras no Orçamento formam a principal base do argumento pela saída da presidente.

Ainda na Inglaterra, o jornal “The Guardian” traz uma chamada na primeira página na internet.

A publicação explica que o processo precisa do apoio de dois terços dos parlamentares para aprovação. Sem esse quórum qualificado, o processo não pode tirar a presidente da República do cargo.

A página na internet da emissora francesa “France 24” também deu chamada de “Breaking News” para a decisão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas ainda não publicou texto sobre o tema e segue apenas com a chamada na homepage.

Na China, a agência de notícias Xinhua usou o Twitter para dar a notícia urgente sobre a abertura do processo.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.