Presidente do STF é internado com pneumonite alérgica

Ministro Dias Toffoli faz teste de Covid-19, mas resultado dá negativo; assessoria diz que ele passa bem e não deve ficar de licença médica

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, foi internado neste domingo, 9, no Hospital DFStar, em Brasília, informou a assessoria de comunicação da Corte. Toffoli foi diagnosticado com pneumonite alérgica, mas passa bem e deve seguir trabalhando, sem ficar de licença médica, de acordo com o STF.O ministro também fez um novo teste para covid-19, que deu resultado negativo.

No mês passado, Toffoli foi internado em um hospital de São Paulo após sofrer um acidente doméstico em sua casa em Marília, no interior do Estado. Naquela ocasião, o ministro fez um exame de raio-X após bater a cabeça e sofrer um pequeno corte.

 

“Embora internado, passa bem e, a princípio, não ficará de licença médica e continuará despachando”, afirmou a assessoria.

No último sábado (8), Toffoli decretou luto oficial de três dias na Corte em homenagem aos mais de 100 mil mortos pela covid-19 no Brasil.

Com o luto oficial, o Supremo não vai realizar “celebrações, comemorações ou festividades”, de acordo com a decisão de Toffoli. O presidente do STF divulgou uma mensagem de solidariedade às famílias daqueles que perderam a vida por causa do novo coronavírus.

“Os reflexos e as dores oriundas da pandemia são inúmeros e imensuráveis. Mas a maior de todas as dores é, sem dúvida, a perda de alguém que amamos. Isso é algo que jamais pode ser restituído ou compensado”, afirmou Toffoli na mensagem.

Na quarta-feira da semana passada, o gabinete do ministro Celso de Mello, do STF, informou que o decano da corte foi submetido a exames médicos e poderá passar em breve por uma nova cirurgia. Em janeiro, Celso de Mello passou por uma cirurgia no quadril no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.

Toffoli deixa o comando do STF no dia 10 de setembro, quando será sucedido pelo ministro Luiz Fux.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.