Prefeitura lançará pacote de medidas para zona norte do Rio

De acordo com secretário, nas próximas 48 horas as equipes da prefeitura continuarão realizando a limpeza e a retirada de entulhos nas comunidade

Rio de Janeiro - A prefeitura do Rio vai lançar um pacote de medidas para recuperar as áreas mais afetadas pelas fortes chuvas que caíram desta semana.

O anúncio foi feito hoje (13) pelo secretário municipal da Casa Civil, Pedro Paulo, no Centro de Operações.

Segundo ele, as intervenções acontecerão em Irajá, no Jardim América, em Acarí, na Fazenda Botafogo e na Pavuna, onde a destruição foi grande devido ao transbordamento do Rio Acarí.

"O prefeito Eduardo Paes deve anunciar as medidas ainda hoje", disse.

De acordo com o secretário, nas próximas 48 horas as equipes da prefeitura continuarão realizando a limpeza e a retirada de entulhos nas comunidades localizadas no entorno do rio, que corta vários bairros da zona norte da cidade.

"Terminamos o trabalho de retirada do lixo em outros bairros da zona norte como Irajá e Jardim América. Estamos percorrendo várias regiões da zona norte para finalizar esse trabalho de limpeza das vias para que o lixo não retorne para o Rio Acarí", explicou.

Segundo ele, o prefeito Eduardo Paes autorizou obras de dragagem em novos trechos do rio.

Pedro Paulo acrescentou que a ideia é fazer uma obra no Rio São João, para que em todo esse período de chuva, o Rio Acarí possa desaguar no Rio São João e sem comprometer o volume de água jogado na Baía de Guanabara.

“Pretendemos fazer uma grande dragagem nessas regiões e dar continuidade às obras que a prefeitura já vinha realizando no Rio Acarí", disse o secretário. Ele ressaltou que uma outra medida a ser adotada é a revitalização dos bairros mais afetados pelo temporal.


"A medida que os rios tenham um escoamento maior em virtude das obras de drenagem, os bairros precisam que os seus sistemas de drenagem estejam preparados. Estamos realizando um levantamento para definir orçamento e mais pontos estratégicos de recuperação", ressaltou o secretário.

As famílias que tiveram as casas invadidas pela água e perderam móveis, eletrodomésticos, roupas, calçados e documentos, estão alojadas em casas de parentes e amigos e, segundo Pedro Paulo, até domingo elas devem retornar para os imóveis.

De acordo com o secretário, no momento 200 famílias estão desalojadas no Complexo do Alemão, na zona norte. Elas estão abrigadas na vila olímpica e na biblioteca da comunidade.

No Parque Colúmbia, na Pavuna, outro local da zona norte bastante atingido pelas chuvas, 20 pessoas desalojadas estão na associação de moradores do local, informou o secretário.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.