A página inicial está de cara nova Experimentar close button

PMDB nega envolvimento em escândalo e pede apuração

O partido lançou nota repudiando "toda e qualquer acusação que esteja sendo feita ao partido, como beneficiário" do esquema

São Paulo - A Executiva Nacional do PMDB divulgou nota nesta quarta-feira, 19, repudiando "toda e qualquer acusação que esteja sendo feita ao partido, como beneficiário" do esquema que está sendo investigado pela Operação Lava Jato da Polícia Federal.

No texto, o partido diz que, se alguém de apresentou como representante ou operador do PMDB, o fez "indevida e desautorizadamente", "em caráter pessoal ou no interesse de terceiros", e deverá responder por seus atos perante a lei.

O PMDB, que se apresenta como o maior partido do Brasil, diz que exige plena apuração dos fatos e publicação das conclusões, quando, segundo a legenda, "restará provado que deles nunca teve nenhuma participação ou benefício."

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também