Papa Francisco pede orações pelas vítimas da tragédia de Petrópolis

A declaração ocorreu depois da tradicional oração do Angelus, na Praça de São Pedro, no Vaticano
 (AFP/Filippo MONTEFORTE)
(AFP/Filippo MONTEFORTE)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 20/02/2022 18:42 | Última atualização em 20/02/2022 18:42Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Neste domingo, dia 20, o Papa Francisco voltou a manifestar proximidade com as populações atingidas por calamidades naturais citando os moradores de Petrópolis, no Rio de Janeiro, e de Madagascar, na África (país atingindo por tempestades tropicais e ciclones). A declaração ocorreu depois da tradicional oração do Angelus, na Praça de São Pedro, no Vaticano. As informações são do Vatican News.

"Exprimo minha proximidade às populações atingidas por desastres naturais nos últimos dias. Estou pensando especialmente no sudeste de Madagascar, flagelado por uma série de ciclones, e na área de Petrópolis no Brasil, devastada por enchentes e deslizamentos de terra. Que o Senhor receba os mortos em sua paz conforte suas famílias e apoie aqueles que os estão ajudando”, disse o Pontífice.

Na última sexta-feira, 18, o Papa enviou uma mensagem ao bispo de Petrópolis, Gregório Paixão Neto, em que lamenta e reza pelas vítimas da tragédia. As buscas por desaparecidos em Petrópolis chegam a seu sexto dia neste domingo. Até a manhã de hoje foram confirmadas 152 mortes, 165 pessoas continuam desaparecidas e 967 estão desabrigadas.