País vive mistura explosiva de crises, diz Marco Garcia

A grande questão no governo é a discussão dos limites do "modelo keynesiano" adotado nos últimos anos sem anular as conquistas sociais

Brasília - O Brasil vive a combinação "explosiva" de uma crise fiscal e uma crise política, que tem como pano de fundo as investigações de corrupção, disse na quarta-feira, 9, em Washington Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência para assuntos internacionais.

Para Garcia, a grande questão no governo é a discussão dos limites do "modelo keynesiano" adotado nos últimos anos - no qual o Estado tem papel relevante do desenvolvimento - sem anular as conquistas sociais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.