Brasil
Acompanhe:

O que acontece se o eleitor ainda estiver na fila para votar às 17h

Com as filas, eleitores estão na dúvida com o que acontece se ainda estiverem aguardando para votar às 17h

 (Wagner Meier/Getty Images)

(Wagner Meier/Getty Images)

D
Da Redação

2 de outubro de 2022, 17h04

Brasileiros esperam até 4 horas para votar neste domingo, 2, em todo o país e no exterior. A demora é resultado do alto volume de eleitores comparecendo às urnas para a votação, que, além de presidente, também abrange deputados estaduais, federais, senadores e governadores.

Entre as localidades que registraram filas estão as cidades de São Paulo, Manaus, Recife, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Outros fatores que prolongam a espera são problemas na validação da biometria e a falta de anotações de eleitores sobre os números de seus candidatos de preferência, fazendo com que os atrasos se acumulem, como aponta o Estadão.

Com as filas, eleitores estão na dúvida com o que acontece se ainda estiverem aguardando para votar às 17h. Eleitores que estiverem na fila o horário receberão uma senha para conseguir votar. No entanto, é necessário já estar na fila para conseguir pegar a senha. Eleitores que chegarem na fila após às 17h não conseguirão votar.

Quando sai o resultado das eleições 2022?

Considerando o horário de Brasília, a apuração começa assim que o horário de votação se encerra, às 17h, de acordo com a previsão divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os números poderão ser acompanhados pela EXAME, na página dedicada às eleições de 2022.

Tanto no primeiro turno quanto no segundo turno, EXAME vai trazer a apuração em tempo real de todos os cargos eletivos que estão em disputa em 2022: presidente, governador, deputado federal, deputado estadual e senador.

Pelo aplicativo de celular Resultados, disponíveis nas lojas Android e iOS, também será possível acompanhar os resultados. A Justiça Eleitoral também criou uma página na internet especificamente para este fim.

Leia tudo sobre como votar