No Rio, ato na igreja da Candelária pede renúncia de Temer

Organizado por diversos sindicatos e entidades estudantis e da sociedade civil, o protesto inclui uma caminhada até a Cinelândia

Rio - Milhares de pessoas se reúnem ao redor da igreja da Candelária, no centro do Rio, às 17h30 desta quinta-feira, 18, em ato pela renúncia do presidente Michel Temer (PMDB).

Organizado por diversos sindicatos e entidades estudantis e da sociedade civil, o protesto inclui uma caminhada até a Cinelândia, que deve começar por volta das 18h30.

Por enquanto, líderes de várias categorias profissionais discursam pedindo a saída de Temer e a realização de eleições diretas para presidente da República.

"Eleição indireta é uma farsa", repetia ao microfone um líder sindical.

Muitas faixas e cartazes cobram eleições e fazem referências ao movimento de 1984, que também pedia eleições diretas para presidente e acelerou a queda da ditadura militar que havia começado em 1964.

Até as 17h30 o ato seguia pacífico, acompanhado pela Polícia Militar.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também