MPF pede arquivamento de inquérito sobre Lula

Inquérito investigava suposto repasse da Portugal Telecom para o PT, baseado em depoimento dado por Marcos Valério em 2013

	Inquérito investigava suposto repasse da Portugal Telecom para o PT, baseado em depoimento dado por Marcos Valério em 2013
 (Nacho Doce/Reuters)
Inquérito investigava suposto repasse da Portugal Telecom para o PT, baseado em depoimento dado por Marcos Valério em 2013 (Nacho Doce/Reuters)
Por Da RedaçãoPublicado em 26/09/2015 19:26 | Última atualização em 26/09/2015 19:26Tempo de Leitura: 1 min de leitura

A Procuradoria da República no Distrito Federal decidiu pedir o arquivamento do inquérito instaurado para investigar suposto repasse da Portugal Telecom para o PT, segundo a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal no Distrito Federal.

A apuração começou em 2013 a partir de depoimento dado pelo publicitário Marcos Valério, preso por ter sido operador da Ação Penal 470, o chamado mensalão. Entre os suspeitos de terem participado do esquema de negociação do repasse está o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A partir do depoimento foram abertos dois inquéritos, um civil e um policial, para apurar o caso. Segundo a assessoria, a decisão do arquivamento foi tomada pelo procurador Frederico Paiva, do Núcleo de Combate à Corrupção, após a investigação policial concluir que não foi possível provar o depoimento de Valério.

Ambos inquéritos aguardam a homologação do arquivamento, o civil, na 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF, e o policial, na 10ª Vara da Justiça Federal, no DF.