Monteiro diz que desentendimento com PTB será superado

O ministro do Desenvolvimento disse estar convencido de que o desentendimento de seu partido com o governo será superado em breve

	Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando de Queiroz Monteiro Neto
 (Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)
Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando de Queiroz Monteiro Neto (Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)
D
Da RedaçãoPublicado em 13/08/2015 às 21:00.

Brasília - O ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro Neto, disse nesta quinta-feira estar convencido de que o desentendimento de seu partido, o PTB, com o governo da presidente Dilma Rousseff será superado em breve.

O líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO), anunciou recentemente a saída do partido da base aliada e disse que a legenda adotará postura independente nas votações na Casa.

O ministro disse que conversa frequentemente com o líder e com a bancada do partido. “Estou muito confiante de que esse desentendimento episódico vai ser superado logo”, disse a jornalistas, após reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

“No que depender de mim, estarei atuando sempre para que se harmonize a posição do partido e que o partido possa estar como esteve nesses anos, integrando a base do governo”, disse Monteiro.

O ministro também comentou a agenda proposta pelo Senado ao governo. Questionado sobre a proposta incluída na quarta-feira por senadores para que se acabe com a união aduaneira do Mercosul, Monteiro disse que o Senado tem legitimidade para debater o assunto, mas salientou que o Mercosul tem “importância estratégica e fundamental para o país”.

Texto atualizado às 21h00