Mercados fornecerão sacolas gratuitas, define Câmara de SP

Estabelecimentos de pequeno porte e com menos de quatro caixas registradoras estarão fora da obrigação

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou quarta-feira (24) o Projeto de Lei 238/2012, que obriga supermercados, hipermercados, atacadistas e estabelecimentos varejistas da cidade de São Paulo a fornecer gratuitamente sacolas plásticas aos clientes.

Há cerca de um ano e meio esses estabelecimentos não podem entregar as sacolinhas plásticas brancas e devem substituí-las por sacolas nas cores cinza e verde, a um custo médio de R$ 0,08.

Pelo projeto, as sacolas plásticas elaboradas com plástico biodegradável deverão obedecer espessura mínima determinada em norma técnica da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e indicar, em quilogramas, a capacidade de carga.

Estabelecimentos de pequeno porte e com menos de quatro caixas registradoras estarão fora da obrigação.

O projeto foi encaminhado para análise e sanção do prefeito Fernando Haddad.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.