Megaferiado em São Paulo entra no último dia. Funcionou?

Mudanças no calendário de folgas para deter a pandemia do coronavírus também são adotadas em Sergipe, Ceará e Bahia

Um dia depois de os Estados Unidos anunciarem a proibição de voos vindos do Brasil, o megaferiado em São Paulo tem hoje seu último dia, com a antecipação do feriado estadual de 9 julho. Ao todo, foram seis dias de parada com o objetivo de reduzir a circulação da população e diminuir a propagação da covid-19.

Até agora, os dados divulgados mostram que o objetivo não foi alcançado. A expectativa era de que o índice de isolamento social chegasse a 55% com os dias de feriado. No sábado, 23, no entanto, a taxa na capital havia atingido 53%, um ponto percentual acima ao sábado anterior.

A antecipação de feriados foi a medida mais recente que o governo do estado de São Paulo e a prefeitura da capital paulista adotaram para forçar a população a ficar em casa. Antes, um severo esquema de rodízio havia sido adotado para, passada uma semana, ser abandonado em razão da lotação provocada no transporte público.

Com o baixo resultado obtido com o megaferiado, a possibilidade de lockdown volta ao debate. O prefeito Bruno Covas (PSDB) disse na semana passada que na quarta-feira, 27, a prefeitura deverá anunciar se irá impor um bloqueio total na cidade, onde foram contabilizados 45.527 infectados e 3.534 mortos.

Outros estados têm adotado estratégias semelhantes de mudanças no calendário. Em Sergipe, a antecipação de feriados começou na sexta-feira, 22, com a transferência da data da emancipação política do estado, comemorado no dia 8 de julho. Na segunda-feira, dia 25, foi a vez do São João em Aracaju, que costuma ser celebrado em 24 de junho.

Salvador e outras nove cidades da Bahia também terão feriados estaduais e municipais antecipados ao longo da semana. Entre a segunda, 25, e sexta-feira, 29, será feriado prolongado em Salvador, Feira de Santana, Itabuna, Ilhéus, Jequié, Lauro de Freitas, Candeias, Ipiaú e Camaçari.

No Ceará, o governador Camilo Santana (PT) decidiu no domingo, 24, antecipar os feriados de Corpus Christi e Nossa Senhora da Assunção para os dias 27 e 28 de maio.

Com mais de 360 mil contaminados no Brasil pelo coronavírus, o tradicional calendário gregoriano é o que menos importa hoje em dia.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.