ARGENTINA x MÉXICO:

Seleções fazem jogo decisivo! Acompanhe lance a lanceVeja agora.

Marina ataca aliança de Alckmin com Centrão

Em resposta, o tucano criticou a vida partidária da ex-ministra e disse que há ótimas pessoas "em todos os partidos"
Debate: tucano criticou a aliança da candidata da Rede com o PV, que indicou Eduardo Jorge como vice da chapa da ex-ministra (Band/Youtube/Reprodução)
Debate: tucano criticou a aliança da candidata da Rede com o PV, que indicou Eduardo Jorge como vice da chapa da ex-ministra (Band/Youtube/Reprodução)
M
Mateus Fagundes e Daniel Galvão, do Estadão ConteúdoPublicado em 10/08/2018 às 00:16.

São Paulo - A candidata Marina Silva (Rede) atacou a aliança do candidato Geraldo Alckmin (PSDB) com os partidos do chamado Centrão, durante debate presidencial realizado pela Band, nesta quinta-feira, 9. Em resposta, o tucano criticou a vida partidária da ex-ministra e disse que há ótimas pessoas "em todos os partidos".

"As alianças são sempre por tempo de televisão, para se manter no poder", afirmou Marina, ao relembrar o arco partidário em torno de Alckmin. "Elas são a base de sustentação do governo de Michel Temer." Para a candidata, o País deve "mudar os que estão patrocinando a crise".

Em reação, Alckmin afirmou que há "ótimas pessoas" em todos os partidos. "Construímos aliança com siglas do centro para aprovar reformas que população precisa", disse. O tucano criticou ainda a aliança de Marina com o PV, que indicou Eduardo Jorge como vice da chapa da ex-ministra.

Em outro ponto de embate entre os dois candidatos, Marina disse que vai enfrentar a reforma da Previdência, mas não com "propostas draconianas".

Alckmin disse ainda que vai "trabalhar nas causas para poder reduzir os juros no Brasil".