Lula diz que não haverá folga na campanha e que está certo da vitória

Lula disse ainda "ter certeza absoluta" de que vai ganhar as eleições presidenciais e "recuperar a dignidade" da população
Lula: presidenciável diz que não haverá folga na campanha e que está certo da vitória (Alexandre Schneider/Getty Images)
Lula: presidenciável diz que não haverá folga na campanha e que está certo da vitória (Alexandre Schneider/Getty Images)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 03/10/2022 às 07:24.

Última atualização em 03/10/2022 às 07:24.

O candidato do PT à Presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva, disse na noite deste domingo, 2, a apoiadores na Avenida Paulista, que sua campanha "não vai ter folga". "Quero fazer um apelo aos partidos que nos apoiam que a gente não vai ter folga", disse.

Fique por dentro de tudo sobre as Eleições 2022 e os resultados das pesquisas eleitorais. Clique aqui e receba gratuitamente a newsletter EXAME Desperta.

"Já a partir de amanhã (segunda-feira) vamos trabalhar muito em São Paulo para ajudar o (Fernando) Haddad (candidato do PT ao governo paulista) a derrotar o adversário dele", disse Lula. "E nós vamos ganhar porque o Brasil precisa de nós."

Assim como Lula, Haddad foi para a disputa no segundo turno. O ex-prefeito recebeu 35,7% dos votos, contra 42,3% do bolsonarista Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Lula disse ainda "ter certeza absoluta" de que vai ganhar as eleições presidenciais e "recuperar a dignidade" da população. "A partir de amanhã estaremos em campanha e não vamos descansar. Vamos convencer por que nós seremos a melhor solução para melhorar a vida do povo brasileiro."

O candidato a vice na chapa de Lula, Geraldo Alckmin (PSB), falou antes dele e disse que agora é hora de "unir todos os democratas do Brasil" para "vencer a mentira, o ódio, e fazer voltar a democracia, o emprego e o desenvolvimento". E completou: "No dia 30 (de outubro) nós vamos resgatar o Brasil".

LEIA TAMBÉM: