Acompanhe:

Luciano Hang, dono da Havan, está internado com covid-19, diz jornal

O empresário, que é apoiador do presidente Jair Bolsonaro e do tratamento precoce contra a covid-19, está internado em um hospital de São Paulo

Modo escuro

Luciano Hang. (Eduardo Marques/Tempo Editorial)

Luciano Hang. (Eduardo Marques/Tempo Editorial)

D
Da Redação

Publicado em 19 de janeiro de 2021, 15h01.

Última atualização em 19 de janeiro de 2021, 15h20.

Luciano Hang, dono da rede de lojas catarinense Havan, foi diagnosticado com covid-19. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, o empresário, de 58 anos, está internado em um hospital da rede Prevent Sênior, na cidade de São Paulo. O estado de saúde dele é considerado estável.

Hang é apoiador do presidente Jair Bolsonaro e por diversas vezes defendeu o tratamento precoce para a covid-19, com hidroxicloroquina e ivermectina. Ambos remédios não têm comprovação científica para este fim.

Em sua conta no Instagram, ele frequentemente faz postagens em apoio ao presidente Bolsonaro. Entre as últimas publicações, está uma cartilha sugerindo, como recomendação médica, o tratamento com os dois remédios, atividade física, além de vitaminas C e D.

Ainda segundo a reportagem, a esposa de Luciano, Andrea Hang, também está internada com o diagnóstico de covid-19. O estado de saúde dela é considerado estável. A mãe de Hang, Regina Modesti Hang, de 82, é a pessoa da família que requer mais cuidados. O estado dela é grave e está internada na UTI.

Em outubro, a varejista Lojas Havan desistiu oficialmente de sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). O movimento foi um revés para Luciano Hang. Com a oferta anunciada em agosto, o empresário planejava vender uma fatia da icônica cadeia de lojas que têm na fachada réplicas da Estátua da Liberdade.