Justiça manda soltar Nicolau dos Santos Neto, o Lalau

Ex-juiz havia sido condenado a 26 anos de prisão por desvio de dinheiro público, mas foi beneficiado por indulto que prevê liberdade para presos acima de 60 anos

São Paulo - O ex-juiz Nicolau dos Santos Neto, conhecido por Lalau, foi liberado pela Justiça e deixará o presídio de Tremembé, interior de São Paulo, onde está preso desde março de 2013.

A Vara de Execuções Criminais (VEC) concedeu alvará de soltura para o criminoso nesta segunda-feira, com base no chamado indulto pleno, que prevê liberdade para presos com mais de 60 anos que apresentam problemas de saúde e que cumpriram mais de um terço da pena.

Ex-presidente do Tribunal Regional do Trabalho em São Paulo, Lalau, que hoje tem 85 anos, foi condenado a 26 anos de prisão e multa de R$ 1,2 milhão pelos crimes de peculato, estelionato e corrupção passiva.

Ele também foi acusado de ser o principal resposponsável pelo desvio de R$ 169 milhões destinados para a construção do prédio do Fórum Trabalhista em São Paulo, na década de 1990.

Após passar um período como fugitivo, o ex-magistrado se entregou à polícia em 2000. Lalau passou quase 13 anos - maior parte de sua pena - em prisão domiciliar, permanecendo em regime fechado no presídio de Tremembé por pouco mais de um ano.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.