Brasil
Acompanhe:

Firmino Filho é o prefeito eleito de Teresina

O candidato do PSDB venceu a disputa pela prefeitura com 51,53% dos votos válidos

 (EXAME.com)

(EXAME.com)

D
Da Redação

28 de outubro de 2012, 19h18

Brasília - O candidato Firmino Filho (PSDB) venceu a disputa pela prefeitura de Teresina, com 51,53% dos votos válidos. Elmano Férrer (PTB) ficou com 48,47% dos votos válidos. Até agora foram apurados 99% das urnas. Os votos brancos somam 1,48% e os nulos, 3,19%. A abstenção está em 18,47%.

Firmino Filho é deputado estadual, nasceu em Teresina e tem 49 anos. É servidor público e professor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Formado em economia, Firmino já foi prefeito por dois mandatos consecutivos. Em 2008, foi eleito vereador e, dois anos depois, tornou-se deputado estadual. Se eleito, entre as propostas de Firmino estão a implantação do Projeto Educacional Amor de Tia, destinado a crianças de 6 meses a 3 anos, e a construção de oito unidades de Assistência Médica Ambulatorial.

Com a 19ª economia das capitais brasileiras, o Produto Interno Bruto (PIB) de Teresina representa cerca 40% do PIB do estado, calculado em R$ 8,7 bilhões (dados de 2009). Na economia, a capital piauiense se destaca pela indústria têxtil e de confecções. O município tem também indústrias de bebidas, móveis, cerâmica, medicamentos, montadoras de bicicletas, entre outras.

Apesar disso, os candidatos tem um longo desafio pela frente, pois Teresina ocupa a quarta pior posição no ranking do Índice de Desenvolvimento Humano, (IDH), em relação às demais capitais do país, com 0,76.

O IDH é medido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) em uma escala de 0 a 1. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a população de Teresina chega a 814,2 mil habitantes.