Brasil

Espera-se mais de um milhão em aeroportos durante Rio 2016

Galeão e Santos Dumont (RJ), Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP), Brasília (DF) são alguns que esperam o maior número de desembarque de passageiros


	Aeroporto Santos Dumont: Galeão e Santos Dumont (RJ), Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP), Brasília (DF) são alguns que esperam o maior número de desembarque de passageiros
 (Tânia Rego/Agência Brasil)

Aeroporto Santos Dumont: Galeão e Santos Dumont (RJ), Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP), Brasília (DF) são alguns que esperam o maior número de desembarque de passageiros (Tânia Rego/Agência Brasil)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de junho de 2016 às 17h27.

O governo brasileiro espera mais de um milhão de passageiros circulando nos aeroportos do Rio de Janeiro e das demais cidades que receberão modalidades dos Jogos Rio 2016.

Galeão e Santos Dumont (RJ), Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP), Brasília (DF), Belo Horizonte/Confins (MG), Manaus (AM) e Salvador (BA) serão os aeroportos onde atletas e turistas desembarcarão para participar e assistir os jogos.

Do total de passageiros esperados para o evento, 4 mil passageiros serão atletas paralímpicos. Além do cuidado com a acessibilidade, os aeroportos e empresas aéreas terão de lidar com transportes delicados, como equipamentos e cavalos da competição de hipismo.

Para garantir prestação de serviço adequada aos atletas e turistas, o governo federal selou um acordo com representantes do setor aeroportuário.

O acordo foi carimbado pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero) e define compromissos de operadores aeroportuários, companhias aéreas de aviação comercial, geral e executiva (táxi aéreo) e empresas de serviços auxiliares de transporte aéreo para a Olimpíada e Paralimpíada do Rio.

Compromissos

“O trabalho integrado entre órgãos públicos e iniciativa privada é o que sustenta o patamar de excelência alcançado internacionalmente pela aviação brasileira. Dessa vez, ao contrário da Copa do Mundo, o desafio é superar nossa própria performance, que acumula resultados de sucesso e padrões de pontualidade e segurança acima ou dentro da média mundial”, afirmou o diretor de Gestão Aeroportuária da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Paulo Henrique Possas.

Os principais compromissos são assegurar uma fluidez à atividade aeroportuária no período dos eventos.

Os operadores aeroportuários se comprometeram, entre outras coisas, a manter atrasos em níveis abaixo de 15% nos principais aeroportos, ampliar horários de funcionamento de estabelecimentos de alimentação, mediante a demanda dos viajantes, e concluir as possíveis obras e manutenções existentes nos terminais antes no início dos jogos.

Acompanhe tudo sobre:Aeroporto de BrasíliaAeroporto de GuarulhosAeroporto Santos DumontAeroportosAeroportos do BrasilBrasíliaEmpresasTransportestransportes-no-brasil

Mais de Brasil

Veja transcrição e áudio da reunião entre Bolsonaro e Ramagem sobre investigação de Flávio

Brasil chama embaixador em Buenos Aires para discutir relação com governo Milei

'Fiquei surpreso de ver isso pela imprensa', diz Ricardo Nunes sobre queixas de Milton Leite

Você conhece o Hunsrik? Idioma germânico do Sul entra no Google Tradutor

Mais na Exame